A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Setembro de 2016

30/03/2016 16:20

Governo arrecada R$ 1,74 bilhão no bimestre e fecha período com superavit

Priscilla Peres

O governo de Mato Grosso do Sul arrecadou R$ 1,744 bilhão nos dois primeiros meses do ano, montante que representa 13% da previsão para os doze meses, de R$ 12,8 bilhões. Nesse período, as contas estaduais fecharam com superavit de R$ 38 milhões.

Veja Mais
Em corte de gastos, Sebrae cancela Feira do Empreendedor deste ano
Governo do Estado prevê gastos de R$ 6 bilhões com pessoal em 2016

Segundo informações da execução orçamentária, publicada no Diário Oficial do Estado nesta quarta-feira (30), entre janeiro e fevereiro o governo arrecadou R$ 1,901 bilhão e gastou R$ 1,862 bilhão, fechando o primeiro bimestre com saldo em caixa.

A arrecadação de R$ 1,74 bilhão corresponde apenas às receitas próprias do Estado no período. Já, somando-se a este valor outras fontes, como repasses constitucionais, chega-se ao total de R$ 1,9 bilhão.

Só em relação a tributos, entrou pouco mais de R$ 1 bilhão nos cofres estaduais, sendo R$ 597 milhões em janeiro e R$ 591 milhões em fevereiro de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), R$ 260 milhões de IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículo automotor) e R$ 46 milhões de ITCD (Imposto sobre a Transmissão Causa Mortis e Doação).

No ano passado, para garantir o bom desempenho financeiro em 2016 e se afastar da crise, o governo adotou medidas fiscais e aumentou impostos, entre eles o ICMS de produtos supérfluos e o ITCD na transferência de imóveis, o que garantiu R$ 1.234 bilhão nos dois primeiros meses do ano.

Nesse período, os gastos com pessoal somaram R$ 1.100 bilhão e o governo desembolsou R$ 44 milhões para pagar juros e encargos da dívida com a União. Enquanto isso, os investimentos fecharam o bimestre em R$ 61 milhões.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions