A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 01 de Outubro de 2016

07/04/2015 16:20

Governo precisa economizar R$ 30 milhões por mês para garantir pagamentos

Priscilla Peres e Leonardo Rocha
Governador falou nesta tarde sobre as finanças estaduais. (Foto: Fernando Antunes)Governador falou nesta tarde sobre as finanças estaduais. (Foto: Fernando Antunes)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) pretende economizar R$ 30 milhões por mês, para conseguir terminar obras paradas e garantir a saúde financeira do Estado em 2015. Ele descarta implantar programas para aumentar a arrecadação e diz que depende apenas de economia.

Veja Mais
Para frear aumento da violência, Reinaldo anuncia mais 1,1 mil policiais
Reinaldo diz que herdou R$ 253 mi em dívidas e "cenário preocupante"

Durante apresentação do resultado de auditoria feitas nas contas públicas, Reinaldo disse que está reduzindo 20% dos gastos com pessoal e comissão, 20% dos custeios e outros 20% com corte nos contratos. Esses cortes vão gerar a economia de R$ 30 milhões, que entre outros investimentos, serão pagos R$ 192 milhões de obras em oito parcelas, de abril a dezembro.

"Precisamos diminuir custos, cortar custeios, diminuir contratos e prestação de serviços e otimizar as compras públicas daqui pra frente, para não ter problemas de pagamento de pessoal", disse o governador.

Arrecadação - A arrecadação do governo do Estado teve queda de 18% nas receitas primárias do primeiro bimestre de 2015, em relação ao mesmo período ano passado. O valor corresponde a R$ 319 milhões a menos nos cofres públicos este ano.

Para o governador, a situação está controlada, se continuar como está. "Se não acontecer nada anormal, mesmo com a retração da economia brasileira daqui pra frente, o Estado consegue manter o equilíbrio das suas contas e da conta dessa demanda de investimentos".




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions