A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Setembro de 2014

07/08/2013 19:31

Homex abandona obras em Campo Grande e Caixa assume "problema"

Bruno Chaves e Vinícius Squinelo
Empresa abandonou obra em Campo Grande (Foto: Cleber Gellio)Empresa abandonou obra em Campo Grande (Foto: Cleber Gellio)

Por não conseguir cumprir acordo com a CEF (Caixa Econômica Federal), a construtora mexicana Homex perdeu o empreendimento Varandas do Campo, elaborado para ser construído no bairro Paulo Coelho Machado, região Sul de Campo Grande. A empresa não cumpriu diversos acordos com a instituição financeira, e não conseguiu entregar boa parte das três mil casas da unidade.

Veja Mais
Primavera deve começar com sol e temperatura em alta em Mato Grosso do Sul
Terminam hoje as inscrições para seminário de educação na UEMS

Com o fato de a construtora não ter honrado acordo firmado em maio deste ano, que apontava novas datas e prazos para a conclusão do residencial, a instituição financeira acionou o seguro da construção para concluir as obras de 270 casas vendidas por meio do programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal. Uma nova construtora será escolhida para executar o projeto.

Dos R$ 3,5 milhões que foram bloqueados pela instituição no início do ano, quando a empresa apresentou sinais de falência, R$ 1,7 milhão será utilizado nas casas que serão entregues. Ao todo, foram feitas três negociações com a Homex, de acordo com informações fornecidas pela CEF.

"A Caixa Econômica Federal informa que já acionou o seguro para garantir o término das obras dos Residenciais Amoreiras, das Águas, Cuiabás e Bem-Te-Vi, tendo em vista o atraso das obras, bem como a falta de perspectivas para a conclusão das mesmas pela Construtora Homex Brasil Construções Ltda. Dessa forma, uma nova construtora será contratada para terminar as obras. Todas as áreas da empresa estão mobilizadas para permitir a entrega das moradias aos beneficiários do programa o mais breve possível", afirmou a instituição, em nota oficial.

Instalada no Brasil desde 2007, a construtora mexicana Homex chegou em Campo Grande na gestão do ex-prefeito Nelson Trad Filho (PMDB). Além de problemas enfrentados na capital sul-mato-grossense, a empresa passa por dificuldades em outras cidades do Brasil.

A reportagem foi até o bairro Paulo Coelho Machado para verificar a situação da obra Varandas do Campo. Nenhum operário foi encontrado no canteiro de obras da construtora. Apenas um homem que estava no local. Ele não quis se identificar e disse, com sotaque espanhol, que a empresa não foi notificada oficialmente da decisão da CEF.

O prefeito Alcides Bernal (PP), nesta quarta-feira (7), disse que é "a favor de uma CPI sobre a Homex para verificar o que aconteceu”, se referindo ao possível calote que a construtora deu em Campo Grande.

A diretoria nacional da Homex foi procurada, mas não se manifestou.

Dívidas trabalhistas – Procurado pela reportagem, o presidente do Sintracom (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil e do Mobiliário de Campo Grande), afirmou que os problemas relacionados à Homex vão além da entrega das casas.

A construtora tem processos no MPT (Ministério Público do Trabalho) por não pagar corretamente os trabalhadores. Segundo Abelha, são cerca de 180 funcionários que recorreram à Justiça para receber as dívidas trabalhistas.

Veja Também
Terminam hoje as inscrições para seminário de educação na UEMS
Terminam neste domingo (21) as inscrições para apresentação de trabalhos no 10° Seminário de Educação e 5° Colóquio de Pesquisa da UEMS (Universidade...
Sem ganhadores, Mega Sena acumula em R$ 45 milhões
Sem ganhadores, a Mega Sena acumulou mais uma vez e deve pagar R$ 45 milhões no próximo sorteio que será realizado no dia 24. Hoje (20), o sorteio fo...
Homem é esfaqueado na bochecha após discussão em bar
Edimar da Silva Pinta, 39 anos, foi ferido com uma facada na bochecha após discutir com Ronildo Aparecido Moreira da Silva, 43 anos, em um bar locali...


Uma empresa q veio pra ca só promessa , trabalhou por um tempo mandou muitos funcionários embora sem direito a nada qua acontecem audiencia e ate agora não se resolveu nada quando alguém vai se pronunciar o ministério publico vai deixar eles trabalharem la sem pagar os funcionários q mandaram embora só por Deus....
 
Jaqueson Rbeiro de Brito em 25/11/2013 21:27:46
Ao invés de saírem às ruas para protestar contra a legalização da maconha e diretos de homossexualismo e outras coisas e esquecem que existe uma gorja de políticos que lutam para o seu bem maior. Esta empresa só entrou no mercado porque houve jogo de interesse e quem irá pagar o calote que eles deram somo-nos.
Lutem para tirar os políticos de nossas vidas...
 
Ricardo Vieira em 08/08/2013 12:06:56
Bom dia, eu moro no residencial Girassóis que já apareceu nos telejornais devido ao problema de esgoto a céu aberto, gostaria de saber se haverá solução para este problema e também em relação aos apartamentos que estão com infiltração, a caixa vai se responsabilizar pelo conserto? No meu apartamento quando chove, o banheiro vira uma cachoeira, já fui na construtora varias vezes e nada foi feito...preciso de uma solução com urgência, pois pagamos as prestações em dia para a caixa e estamos sendo desrespeitado em relação a isso.
Grato desde já.
 
Ana Paula de Carvalho Silva em 08/08/2013 08:39:51
E os moradores com problemas sérios em seus apartamentos, como ficam? Estamos abandonados, com esgoto escoando pelo pátio, caixinhas de gorduras que não absorve a água, forros soltos, barulhos horríveis, grades caindo, infiltrações, rachaduras. Como ficamos???
 
Adelcio costa em 08/08/2013 08:34:22
Está claro que ia dar nisso. Essa empresa não é idônea. Até em seu pais de origem tem reclamações dela. Como é que permitem uma empresa assim prestar serviços dessa grandiosidade.
 
Marcia França em 08/08/2013 08:21:18
como vai ficar no caso as dividas trabalhistas???
é assim a empresa vem ganha dinheiro e deixa as pessoas a ver navio??
eu fui um funcionário da empresa homex e desde 2011 com processo no trt
e nada de receber o que é meu de direito.
e agora como vai ficar, trabalhei de graça mesmo???
 
adriano xavier em 08/08/2013 08:10:12
imagem transparente

Desenvolvido por Idalus Internet Solutions