A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Setembro de 2016

05/02/2016 15:37

Hotéis comemoram 80% de reservas mesmo após impasse sobre Carnaval

Mariana Rodrigues
Turistas já começaram a chegar para o Carnaval em Jardim. (Foto: Evandro Silva/ Divulgação)Turistas já começaram a chegar para o Carnaval em Jardim. (Foto: Evandro Silva/ Divulgação)

Mesmo com todo o impasse envolvendo a realização do Carnaval de Jardim, a 233 quilômetros de Campo Grande, a rede hoteleira do município comemora a procura por reservas para os cinco dias de folia que começa hoje (5). Os hotéis já estão com 80% dos quartos reservados, mas estão otimistas que esse número possa chegar a 100% no fim de semana.

Veja Mais
Bloco novo do Carnaval só tem músicos e tocará do samba ao frevo
Turistas se antecipam e lotam hotéis para aproveitar Carnaval em Bonito

Muita gente deixou para fazer as reservas na última hora, e até o momento o número de ligações a procura de vagas é grande na maioria dos hotéis. Mesmo com a possibilidade de não haver o Carnaval, quem se antecipou com as reservas não optou pelo cancelamento.

Este é o caso do Hotel Jardim, a gerente Jaqueline de França Ramos, conta que ainda há algumas disponibilidades de acomodações, mas já caminha para lotação."As pessoas estão deixando para hoje para ver a questão de hotéis. Muitos vão dar entrada no domingo e ficar até quarta-feira", comenta.

No Hotel Tropical, 80% das vagas já foram preenchidas, mas isso só ocorreu pelo fato do proprietário Luiz Henrique Marcondes, dar preferência para os foliões que foram para a cidade passar até quatro dias. "No fim de semana já deve estar lotado devido a procura que estamos tendo por pessoas que querem ficar por períodos mais curtos", afirma.

Carlos Alberto Spíndola, recepcionista do Hotel Dom Fernando Palace, conta que o impasse atrapalhou um pouco a rede hoteleira da cidade, porém não chegou a mudar muita coisa no movimento se comparado com o ano passado, já que hoje a cidade já se encontra lotada. "Hoje já não temos vagas aqui no hotel. Para os outros dias são poucas vagas e apenas para quartos simples", conta.

Prefeitura espera receber 30 mil turistas durante os cinco dias de festa. (Foto: Evandro Silva/ Divulgação)Prefeitura espera receber 30 mil turistas durante os cinco dias de festa. (Foto: Evandro Silva/ Divulgação)

Até mesmo os hotéis que dão preferência para pessoas que procuram Jardim apenas para aproveitar o feriado e descansar, já estão com praticamente todos os quartos ocupados. No Vitória Hotel muitas pessoas deixaram para fazer reserva de última hora por conta da chuva. "A maioria dos nossos hóspedes são famílias que querem aproveitar o feriado", diz a funcionária Rosenilda Martins.

O prefeito Erney Bazzano Barbosa (PT) também comemora a decisão favorável a realização do Carnaval no município que já estava programado quando o MPE/MS (Ministério Público Estadual) recomendou que a festa não acontecesse e logo depois a Justiça determinou o cancelamento da festa.

"Estamos bastante animados com a decisão. O Estado está com foco voltado para Jardim com relação ao nosso Carnaval, e pelo o fato de ser uma atração turística costumeira de vários anos". Barbosa espera 30 mil turistas nas cinco noites, e uma arrecadação de aproximadamente R$ 500 mil.

A estrutura para os shows já está praticamente pronta. (Foto: Evandro Silva/ Divulgação)A estrutura para os shows já está praticamente pronta. (Foto: Evandro Silva/ Divulgação)

O Jardim Folia 2016 acontece de 5 a 9 de fevereiro, na praça do Encontro, a partir das 21h, com matinês nos dias 07 e 09 de fevereiro. A animação fica por conta das bandas Brasil 2000 e Ômega 3. Haverá ainda atrações no balneário municipal.

Impasse - No dia 28 de janeiro, o MPE recomendou que o município não realizasse o Carnaval. A promotora de Justiça, Lia Paim Lima, que assinou a recomendação levava em consideração vários fatores, como os altos gastos da prefeitura com a festa que são incompatíveis com a situação financeira da cidade.

Um dia após a recomendação, decisão do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) suspendeu o Carnaval de Jardim. A ação civil pública com pedido de liminar, foi movida pelo Ministério Público sob pena de multa.

Na última quarta-feira (3), O desembargador Dorival Renato Pavan, da 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça, derrubou a liminar dada pela juíza Penélope Mota Calarge Regasso e autorizou a realização do Carnaval. Na decisão, consta que a suspensão da festividade acarretaria em grande impacto na economia do município.

A animação fica por conta das bandas Brasil 2000 e Ômega. (Foto: Evandro Silva/ Divulgação)A animação fica por conta das bandas Brasil 2000 e Ômega. (Foto: Evandro Silva/ Divulgação)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions