A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Setembro de 2016

06/02/2015 13:15

Indústria estima impacto de R$ 100 milhões com energia 40% mais cara

Priscilla Peres
Em  2014 o setor consumiu 700.000 MWh, o que equivale a gasto de R$ 236,5 milhões. (Foto: Fiems)Em 2014 o setor consumiu 700.000 MWh, o que equivale a gasto de R$ 236,5 milhões. (Foto: Fiems)

O reajuste na conta de energia está estimado em mais de 40% até o meio do ano e a indústria de Mato Grosso do Sul estima que o impacto será de R$ 100 milhões. Além disso, o valor terá de ser repassado para o consumidor, que retrai o consumo e resulta em queda na produção e aumento do desemprego.

Veja Mais
Aneel aprova reajuste de 83% nas bandeiras e conta de luz fica mais cara
Risco de faltar energia no Sudeste e Centro-Oeste sobe de 4,6% para 7%

O presidente da Fiems (Federação da Indústria de MS), Sérgio Longen, afirma que é preciso que o poder público busque soluções para minimizar o impacto e suas consequências. "Nos próximos dias, devemos nos reunir para construir uma ação diferenciada para fazer com que Mato Grosso do Sul volte a trilhar o desenvolvimento do setor industrial e do setor produtivo como um todo”, garantiu.

Levantamento do Radar Industrial da Fiems aponta que em 2014 o setor consumiu 700.000 MWh, o que equivale a gasto de R$ 236,5 milhões, o que corresponde a 1,6% do PIB (Produto Interno Bruto) Industrial do Estado. Se o consumo se manter, o setor vai gastar R$ 331,1 milhões, o que corresponderá a 2,2% do PIB.

Na avaliação do presidente da Fiems, o governo Federal caminha em uma direção bem clara de que a melhor maneira de cobrir os seus gastos é transferindo para a produção esses custos. “Esses custos serão transferidos para os produtos e, automaticamente, repassados para a sociedade, que cada vez mais vai retrair o consumo. O resultado será queda na produção e, consequentemente, aumento do desemprego, que é o que já está acontecendo em toda a indústria estadual e nacional”, detalhou.

Atualmente, a energia elétrica para a indústria em Mato Grosso do Sul é a 4ª menor entre os Estados brasileiros, equivalente a R$ 337,90 por MWh, enquanto a mais cara foi verificada no Pará com R$ 548,88 por MWh. Em nível nacional, o custo da energia para a indústria é 215% superior à média do custo dos Estados Unidos, sendo que no País o custo da energia para a indústria no Brasil é 46% superior à média dos países selecionados e, dentre os 27 países selecionados, o Brasil ocupa a 6ª posição mais cara, enquanto dentre os BRICs o custo da energia no Brasil é superior aos custos na China e Rússia e inferior ao custo na Índia.

Risco de faltar energia no Sudeste e Centro-Oeste sobe de 4,6% para 7%
O risco de déficit de energia nas regiões Sudeste e Centro-Oeste subiu de 4,9% em janeiro para 7,3% este mês. No Nordeste, o índice manteve-se estáve...
Fecomércio pede racionamento e fala sobre impacto de reajuste no comércio
Diante da previsão de reajuste de energia que podem passar de 60%, incluindo o aumento anual, mais compensação por energia das termoelétricas e ainda...
Para bancar programas sociais, conta de luz terá outro reajuste de 20%
Quem já está preocupado com o reajuste de energia pode preparar o bolso para mais um aumento que a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) propô...



Fico cada vez mais estarrecido de como a população brasileira aceita tudo, acata tudo e concorda com tudo mesmo sendo a maior prejudicada pelas ações insanas de um governo medíocre. Fomos as ruas por causa de alguns centavos de aumento das passagens dos ônibus, que não chegam nem perto dos atuais aumentos e tarifaços impostos pelo Governo Federal. Aumentam juros, impostos, taxas, combustíveis, etc...etc... e todo mundo só reclama... reclama e nada fazem. Se fosse em qualquer outro país menos civilizado que o Brasil ( Bolívia por exemplo ) já teriam feito panelaço, protestos, greves. Mas por aqui o povo nada faz, e assim a Banda toca e o circo passa. AI VEM O CARNAVAL !! A prioridade dos brasileiros agora é FESTA ! Depois disto todo mundo já ESQUECEU das bandalheiras da PETROBRAS, etc.
 
JK em 07/02/2015 08:59:22
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions