A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Setembro de 2016

20/05/2016 16:02

Intenção de consumo de clientes da Capital chega ao menor nível histórico

Priscilla Peres

A intenção de consumo dos campo-grandenses atingiu o menor nível histórico, em maio. Isso significa que nunca antes na história da cidade, as pessoas tiveram tão pouca disponibilidade financeira para ir às compras.

Veja Mais
Paralisação dos bancários completa 20 dias sem previsão de término
Entre a novidade e a decadência, quadrilátero é retrato do comércio

Pesquisa elaborada pelo IPF/MS (Instituto de Pesquisa da Fecomércio MS), mostra que em maio, o índice que mede a intenção de consumo chegou a 66,5. No mês passado, era de 72,4 e em maio do ano passado, de 102,8.

“A insegurança em relação ao emprego é um dos fatores preponderantes para que o consumidor se retraia”, explica o presidente do IIPF/MS, Edison Araújo.


Dos entrevistados, 31,7% se dizem menos seguros em seus empregos comparado ao mesmo período do ano passado e 14,9% informam que estão desempregados.

Quando questionados se responsável pelo domicílio acha que terá alguma melhora profissional nos próximos seis meses, 44,1% estão pessimistas. Sobre a situação da renda, 34,6% falam em piora e 48,1% em estagnação. Já sobre o nível atual de consumo, 66,4% afirmam estar menor que há um ano.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions