A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 30 de Setembro de 2016

23/04/2015 10:45

Jucem exclui mais de 5 mil empresas de cadastro por estarem inativas

Priscilla Peres

A Jucems (Junta Comercial de Mato Grosso do Sul) excluiu 5.121 empresas de seu registro, todas consideradas inativas. A decisão com a relação de nomes, foi publicada no Diário Oficial do Estado de hoje (23).

Veja Mais
Intenção de compra cai, mas dia das crianças pode movimentar R$ 146 mi
Bandeira tarifária de outubro é verde, sem valor adicional nas contas de luz

O presidente da Jucems, Augusto César Ferreira, explica que essas empresas há 10 anos não fizeram nenhum ato na junta e por isso são consideradas inativas. "Para ser registrada na Jucems, as empresas precisam cumprir uma série de obrigações. Essas relacionadas, ficaram 10 anos sem nenhuma ocorrência na junta".

A portaria Jucems/GP/N° 002, fala de empresas tanto de Campo Grande, quanto de cidades do interior do Estado. Augusto César lembra que há 30 dias, foi publicada a mesma relação como um alerta para os empresários. "Quem está ativo, teve tempo para procurar a junta e se regularizar", conta.

Para reativar o registro, os empresários precisam procurar a Jucems, pagar as taxas relacionadas e dizer que estão ativas ainda. Excluídas, as empresas perdem benefícios. "A principal consequência, é que no cadastro. A empresa tem o nome, quando esta ativa, isso é garantido, quando não, ela perde a reserva de nome.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions