A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 24 de Setembro de 2016

11/02/2015 14:18

Lojas estão movimentadas, mas empresários reclamam das vendas

Liana Feitosa
Empresário considera que mercado está muito retraído. (Foto: Alcides Neto)Empresário considera que mercado está muito retraído. (Foto: Alcides Neto)

A procura por produtos para o Carnaval deixa as lojas cheias, mas os números estão abaixo do esperado. "O movimento está muito fraco, ano passado foi melhor. Ao que tudo indica, 2015 vai ser bem difícil para o comércio. A gente espera que não, mas o mercado está muito retraído", afirma o empresário Antônio Roberto, da loja Giga, que fica no centro da Capital.

Veja Mais
Greve dos bancários chega ao 19º dia com 144 agências sem atendimento
FCO amplia acesso para empresas que faturam até R$ 16 milhões por ano

No estabelecimento onde Alexandra de Oliveira é gerente não foram feitos muitos investimentos em produtos para o Carnaval. "Esse ano estamos oferecendo apenas fantasias para crianças. Não compensou investir muito, a procura por esses produtos está muito fraca", conta.

Variedade - Na loja São Gonçalo da rua Maracaju, a proprietária explica que, apesar de o movimento se equiparar, neste ano, ao mesmo período do ano passado, o grande atrativo do lugar são as variedades. "Esse ano apostamos na variedade. Oferecer várias cores, modelos, opções de um mesmo produto, fez com que o preço baixasse no geral", considera a empresária Rosane Aguni. "Um chapéu, por exemplo, que era R$ 12, agora pode ser comprado por R$ 5,50", analisa.

O estabelecimento tem uma sessão permanente de fantasias e acessórios, por isso, a aposta na diversidade dos produtos acaba valendo não apenas para o Carnaval, mas para o restante do ano também.

(Foto: Alcides Neto)(Foto: Alcides Neto)

A pedagoga Luciene Caiçara, mãe de uma menina de 3 anos, foi até a loja à procura de uma fantasia para a pequena. "Eu queria branca de neve, mas não teve jeito, ela faz questão que seja a Elsa do (filme) Fronzen", conta a mãe.

Questionada sobre o valor da roupa que imita a personagem, que ultrapassa os R$ 200, Luciene garante que o investimento vale a pena. "Ela é minha filha única, vale a pena comprar. Essa fase passa rápido, aí a gente acaba comprando", admite.

Para economizar - Para quem não quer gastar muito, as lojas oferecem adereços de todos os valores, então é possível montar fantasias com opções mais baratas. Para as mulheres, se a ideia é ser princesa no Carnaval, pequenas tiaras e pequenas coroas, assim como varinhas mágicas, são vendidas a partir de R$ 1,90, mas há peças que custam mais de R$ 20.

Para os homens, acessórios simples como bigodes, chapéus e óculos despojados são encontrados por menos de R$ 5.

FCO amplia acesso para empresas que faturam até R$ 16 milhões por ano
Foi aprovado nesta semana pelo Ceif (Conselho Estadual de Investimentos Financiáveis) do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) ...
Dólar comercial fecha a semana em queda e cotado a R$ 3,24
Após duas altas seguidas do dólar comercial durante a semana, a moeda norte-americana fechou nesta sexta-feira (23) cotado a R$ 3,247 na venda e com ...
Desemprego desacelara, e MS cria mais 1.077 vagas de trabalho em agosto
Mato Grosso do Sul abriu 1.077 empregos formais a mais no mês de agosto -equivalentes ao acréscimo de 0,21% -, em relação ao estoque de assalariados ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions