A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 01 de Outubro de 2016

26/06/2015 12:30

Lojistas falam em crise, mas vendas em datas comemorativas crescem 18%

Liana Feitosa
O sorteio ocorreu na manhã desta sexta-feira, na Rua Barão do Rio Branco, Centro da Capital. (Foto: Fernando Antunes)O sorteio ocorreu na manhã desta sexta-feira, na Rua Barão do Rio Branco, Centro da Capital. (Foto: Fernando Antunes)

Muito se fala de crise no comércio, mas as vendas entre o Dia das Mães e o Dia dos Namorados, em Campo Grande, apresentou alta em comparação ao mesmo período do ano passado.

Veja Mais
Dólar comercial fecha a semana em alta e cotado na venda a R$ 3,25
Intenção de compra cai, mas dia das crianças pode movimentar R$ 146 mi

Os dados são da ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande), que apontam crescimento de 1,55% nas vendas a prazo na semana do Dia das Mães e aumento de 4,9% nas vendas a prazo no período que antecedeu o Dia dos Namorados.

O movimento foi maior na véspera de cada data comemorativa, sendo 18% superior à véspera do Dia das Mães de 2014. O cálculo do volume de vendas é baseado nas consultas realizadas no banco de dados do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) em Campo Grande e, portanto, é um indicador da movimentação.

Para João Carlos Polidoro, presidente da ACICG, os índices apontam para uma reação positiva do mercado.
"Todo mundo está ouvindo que esse seria um ano muito difícil, então os empresários se prepararam de alguma forma para isso, se programaram melhor ao fazer compras e até as contratações diminuíram", analisa.

Para André Moretto, presidente do Conselho do Comércio Central da ACICG, momento é uma oportunidade para o consumidor se organizar. (Foto: Fernando Antunes)Para André Moretto, presidente do Conselho do Comércio Central da ACICG, momento é uma oportunidade para o consumidor se organizar. (Foto: Fernando Antunes)

"Por isso, houve uma preparação maior e o lojista se voltou para fazer frente às vendas, usando a nossa campanha promocional como uma ferramenta para atrair o cliente", amplia.

Quem comprasse durante o período em lojas associadas à ACICG, podia concorrer a uma viagem, com acompanhante. Foram premiadas três pessoas: o dono do negócio, o vendedor e o cliente.

Jesy Lopes Peixoto comprou na loja Re&Gina e ganhou uma viagem para Buenos Aires. O dono da loja, Antônio Carlos, vai viajar para Maceió e, a vendedora, Deize Cardena Martins, para Bonito. Todos com poderão levar um acompanhante.

O sorteio ocorreu na manhã desta sexta-feira, na Rua Barão do Rio Branco, Centro da Capital.

Para André Moretto, presidente do Conselho do Comércio Central da ACICG, apesar da tão falada crise, o momento é uma oportunidade para o consumidor se organizar. "Com a economia estagnada, o consumidor passou a ser mais cauteloso na decisão da compra. A crise ensinou muitas pessoas a terem disciplina nas despesas", analisa.

"Por isso, a expectativa é que as vendas no final do ano sejam boas, porque muita gente já está poupando agora pensando lá na frente", conclui.

Dólar comercial fecha a semana em alta e cotado na venda a R$ 3,25
Apesar do dólar ter fechado em queda de 0,12% no dia, e cotado a R$ 3,252 na venda, a moeda norte-americana fechou a semana com uma leve alta de 0,14...
Bandeira tarifária de outubro é verde, sem valor adicional nas contas de luz
A bandeira tarifária que será aplicada nas contas de luz em outubro será verde, sem custo para os consumidores de energia elétrica. Este é o sétimo m...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions