A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 30 de Setembro de 2016

25/02/2014 17:24

Mais cara que frango, mandioca faz consumidor chorar ao fazer churrasco

Lidiane Kober
Em um ano, mandioca subiu 28% em Campo Grande (Foto: Marcos Ermínio)Em um ano, mandioca subiu 28% em Campo Grande (Foto: Marcos Ermínio)

Tradicional acompanhante do churrasco sul-mato-grossense, a mandioca subiu 28% neste ano em Campo Grande e está mais cara até que o quilo de frango. O consumidor “chora” com o aumento, mas não abre mão do complemento no prato da família no fim de semana e nos dias de festa.

Veja Mais
E o vinagrete, quem diria, ficou mais caro que o churrasco: tomate R$ 9,92
Após duas quedas seguidas, dólar tem alta de 1,05% e fecha a R$ 3,25

“Sou nascido e criado em Mato Grosso do Sul, a gente assa carne todo o final de semana e percebemos que o preço da mandioca ficou mais salgado, mas o churrasco perde a graça sem o complemento e a gente compra mesmo assim”, comentou o comerciante Christian Canashiro de Souza, 37 anos.

De acordo com levantamento do IPC/CG (Índice de Preços ao Consumidor de Campo Grande), em fevereiro de 2013, o quilo da mandioca embalada e congelada custava, em média, R$ 3,89 contra R$ 4,98 no mesmo período deste ano, um aumento de 28%.

Em supermercados da Capital, o preço varia de acordo com a marca. Em estabelecimento, localizado na Rua Rui Barbosa, o quilo da mandioca sai por R$ 5,29, mais caro que o quilo do frango congelado, no valor de R$ 4,19.

“Nossa”, declarou o a empresária Maria Aparecida Leite Aguero, 56, ao constatar o encarecimento do produto. Dona de chácara, ela admitiu que faz tempo que não compra mandioca. “Plantamos de tudo e ainda bem que não precisamos comprar, porque está caro demais”, avaliou.

Para o militar reformado Diomedes Sandim de Ávila, 68 anos, o aumento da mandioca acompanha a tendência geral de elevação de preço. “O governo não está conseguindo maquiar a inflação e a coisa vai de mal a pior”, analisou.

Ele aposta que até o final da Copa do Mundo será possível “segurar o tranco”. “Depois a coisa vai desandar e o caldeirão ferver”, disse. Especificamente sobre a mandioca, ele é outro que aceita pagar um pouco mais pelo produto. “Senão o churrasco fica sem graça”, explicou.

Depois de emagrecer 24 quilos em quatro meses, o churrasco virou raridade na vida do comerciante Marcos Guimarães, 44 anos. “Mas me chamou muita atenção ver o preço da mandioca ultrapassar o da carne”, comentou.

No ano passado, o tomate que “salgou” o preço do churrasco, ultrapassando R$ 10 o quilo. Na época, a fruta virou motivo de chacota nacional e até foi motivo de briga em um hipermercado da Capital. 

Maria Aparecida se assustou com o preço da mandioca (Foto: Marcos Ermínio)Maria Aparecida se assustou com o preço da mandioca (Foto: Marcos Ermínio)
Christian não deixa de comprar a mandioca para acompanhar o churrasco (Foto: Marcos Ermínio)Christian não deixa de comprar a mandioca para acompanhar o churrasco (Foto: Marcos Ermínio)
Após duas quedas seguidas, dólar tem alta de 1,05% e fecha a R$ 3,25
Cotado a R$ 3,256 na venda, após dois dias seguidos de baixa, o dólar comercial fechou esta quinta-feira (29) com alta de 1,05%. Com isso, a moeda no...
Índice sobe 6% e Campo Grande tem 177 mil pessoas endividadas
Campo Grande tem 177 mil pessoas endividadas, sendo que 13% não terão condições de pagar suas contas. O índice medido pelo IPF/MS (Instituto de Pesqu...
MS vai receber missão técnica do Chile em frigoríficos de carne bovina
Inspeções federais de outros país no Brasil pode abrir novos mercados para exportação. Chile, Cuba e Bolívia já tem data marcada para suas missões e ...



A nossa cultura popolular em risco, os produtos que fazem parte do nosso dia a dia estão cada vez mais caros, a mandioca ha algum tempo esta com preço elevado e a erva mate também. O que está acontecendo ?
 
Marisa Aluchna em 25/02/2014 22:49:19
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions