A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 29 de Setembro de 2016

05/07/2016 13:59

Mais uma vez puxada pelo feijão, cesta básica sobe 2,3% em junho

Pesquisa mensal feita pelo Procon em Dourados constatou aumento de 60% no preço do feijão, mais caro em todo o país

Helio de Freitas, de Dourados
De novo o feijão foi o vilão da alta da cesta básica (Foto: Arquivo)De novo o feijão foi o vilão da alta da cesta básica (Foto: Arquivo)

A cesta básica ficou novamente mais cara em Dourados, a 233 km de Campo Grande. Conforme a pesquisa mensal feita pelo Procon, o preço médio do conjunto de 28 itens de primeira necessidade aumentou 2,3% em junho. O levantamento ocorreu ontem nos dez maiores supermercados da cidade.

Veja Mais
Após dois dias, negociação 'trava' e greve dos bancários continua
Bancos repetem proposta de reajuste de 7% e negociação prossegue

Assim como ocorreu na pesquisa feita no início de junho tendo como base o comportamento dos preços em maio, o feijão foi o principal vilão da alta do preço médio. O produto, que em Dourados subiu em média 60%, ficou mais caro em todo o país por causa da queda na produção em função das condições climáticas.

Variação – Assim como ocorre nos oito anos em que o Procon douradense faz pesquisa sobre o preço da cesta básica, mais uma vez ficou clara a grande variação de preços do mesmo produto entre os supermercados.

Dez produtos foram encontrados com diferença superior a 100% entre o estabelecimento com menor e o que tem o maior preço. O composto lácteo com açúcar é o campeão, com variação de 366% - pode ser encontrado de R$ 2,40 a R$ 11,90 o pacote de 400 gramas.

O pacote de quatro rolos de papel higiênico pode ser encontrado de R$ 1,65 a R$ 5,99 em Dourados – diferença de 263%. O pacote de 500 gramas de macarrão varia 224% - custa de 1,69 a R$ 5,49.

A dúzia de ovos (70,86%), o quilo do alho (98,49%), o quilo da cebola (83,80%) e o sal (76,04%) são outros produtos com grande variação de preços.

Já o valor médio da cesta básica formada pelos 28 itens varia 29,8%. Todos os produtos juntos podem ser comprados por R$ 115,76 no supermercado do shopping da cidade e por R$ 150,24 em um supermercado do Parque das Nações.

O Procon de Dourados disponibiliza os telefones (67) 3411-7754 e 151 e o e-mail procon@dourados.ms.gov.br para atender os consumidores.

Bancos repetem proposta de reajuste de 7% e negociação prossegue
A Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) e o Comando Nacional dos Bancários retomaram a 9ª rodada de negociações nesta quarta-feira (28) em São Paul...
Após segunda queda consecutiva, dólar fecha cotado a R$ 3,22
O dólar comercial inverteu o movimento no final da tarde, após operar em alta durante quase toda a sessão. A moeda norte-americana fechou esta quarta...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions