A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Setembro de 2016

22/05/2016 11:07

Mercadinhos de bairros e oficinas são preferências na hora de abrir empresa

Mariana Castelar
Mercadinhos de bairro vem ganhando força em todo o Estado e foi o segmento que mais abriu em Mato Grosso do Sul (Foto: Fernando Antunes)Mercadinhos de bairro vem ganhando força em todo o Estado e foi o segmento que mais abriu em Mato Grosso do Sul (Foto: Fernando Antunes)

Depois de cinco meses resolvendo papeladas burocráticas e investindo no espaço, o empresário Murilo Moraes abriu, há duas semanas, juntamente com o seu irmão, a Pão Dourado, uma mistura de mercadinho com padaria, confeitaria e açougue.

Veja Mais
Governador participa da 1ª sessão da ALMS e dá posse à diretoria da Jucems
Estado convoca aprovados no concurso da Jucems para prova de títulos

“Resolvemos abrir um novo negócio aqui depois que o ponto, que já era conhecido há 20 anos, fechou as portas por má administração. Então, eu e meu irmão resolvemos investir em um mercadinho e em pouco tempo, já temos sentido uma crescente nas vendas”.

De acordo com a Jucems (Junta Comercial de Mato Grosso do Sul), este foi o principal segmento a abrir portas no mês de abril no Estado. Das 530 empresas constituídas em abril deste ano, 160 são voltados ao comércio atacadista e varejista no geral, ou seja, mercadinhos de bairro.

Este número é maior em relação a abril de 2015, que registrou a abertura de 503 empresas, porém menor se comparado a março deste ano, que teve a abertura de 550 empresas.

De acordo com o presidente da Junta, Augusto César Ferreira, esta é uma nova realidade que vem acontecendo no país, ou seja, grandes supermercados atacadistas e varejistas estão abrindo menos em relação a períodos passados e o comércio foi tomando outra forma.

“Hoje, o mercadinho de bairro é um dos grandes responsáveis pela abertura de empresas no Estado”.

Outro segmento que também está em destaque em Mato Grosso do Sul é a abertura de oficinas mecânicas. Só em abril, de acordo com Ferreira, foram 50. “Temos visto notícias de que está tendo uma queda na compra de veículos novos, em contrapartida, as pessoas estão ficando mais tempo com os carros. Para que eles durem é necessário levá-los à oficinas regularmente, com isso a demanda para este serviço acaba crescendo”.

De acordo com o presidente da Jucems, Augusto César Ferreira, esta é uma nova realidade que vem acontecendo no país (Foto: Fernando Antunes)De acordo com o presidente da Jucems, Augusto César Ferreira, esta é uma nova realidade que vem acontecendo no país (Foto: Fernando Antunes)
Governador participa da 1ª sessão da ALMS e dá posse à diretoria da Jucems
O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) participa nesta segunda-feira (2), às 8h45, da sessão solene de abertura da 1ª sessão ordinária da Assembleia L...
Estado convoca aprovados no concurso da Jucems para prova de títulos
A SAD (Secretaria de estado de Administração) publicou hoje a convocação dos candidatos aprovados na prova escrita da Jucems (Junta Comercial de Mato...
Governo publica edital com o gabarito oficial do concurso da Jucems
O governo do Estado publicou hoje (25), no Diário Oficial, edital divulgando o gabarito oficial definitivo da prova escrita objetiva do concurso públ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions