A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Setembro de 2016

24/06/2016 07:56

Mesmo com recuperação judicial, telefônica Oi manterá operações

Fernanda Mathias

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) informa que, mesmo com pedido de recuperação judicial, os serviços da operadora Oi serão mantidos, pelo menos pelos próximos meses e não há risco iminente de suspensão da operação.

Veja Mais
Desde 2009 em MS, telefônica Oi entra com pedido de recuperação judicial
Em queda de 0,5%, dólar comercial fecha cotado a R$ 3,23 nesta terça-feira

O conselheiro Igor de Freitas disse em entrevista à Agência Brasil que se houver riscos à continuidade de serviço em alguma localidade, a Anatel vai “intervir cirurgicamente”. Isso porque, no País, há mais de 300 municípios onde a Oi é a única prestadora de serviço de telefonia fixa.
Em Mato Grosso do Sul, a companhia absorveu a carteira de clientes de telefonia fixa da antiga Telems (extinta após privatizações) em Mato Grosso do Sul.

Na última segunda-feira (20), a Oi ingressou com pedido de recuperação judicial na 7ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio, que inclui um total em dívidas de R$ 65, 4 bilhões. A recuperação judicial é uma medida para evitar a falência adotada por uma empresa quando ela perde a capacidade de pagar suas dívidas.

Oi em Mato Grosso do Sul – A Oi - antiga Telemar - chegou ao Estado em maio de 2009, quando encorporou a Brasil Telecom - empresa criada a partir da privatização de estatais da Telebrás, entre elas a Telems, em 1998.

Uma das empresas que fazem parte do Grupo Oi SA é a BT Call Center, quinta maior empresa de call center do país e que atualmente opera com 18 mil colaboradores e, Campo Grande, Rio de Janeiro (RJ), Curitiba (PR) e Goiânia (GO), gerando vários postos de empregos na capital sul-mato-grossense.

Desde 2009 em MS, telefônica Oi entra com pedido de recuperação judicial
A Oi, companhia que absorveu a carteira de clientes de telefonia fixa da antiga Telems (extinta após privatizações) em Mato Grosso do Sul, entrou com...
Em queda de 0,5%, dólar comercial fecha cotado a R$ 3,23 nesta terça-feira
Cotado a R$ 3,231 na venda, o dólar comercial fechou a terça-feira (27) em queda de 0,5%. Na véspera, a moeda havia terminado o dia praticamente está...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions