A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Setembro de 2016

08/05/2014 08:22

Movimento é fraco e comércio espera vendas maiores só na última hora

Caroline Maldonado
Natália Miranda se antecipou e deixou a mãe escolher o presente (Foto: Marcelo Victor)Natália Miranda se antecipou e deixou a mãe escolher o presente (Foto: Marcelo Victor)

Nas ruas do centro de Campo Grande e no Camelódromo o movimento é menor do que o esperado para a semana que antecede o “Dia das Mães”. Os comerciantes acreditam que somente a partir de sexta-feira (9), as vendas devem engrenar. Para incentivar o consumidor, apostam em promoções e sorteios de prêmios.

Veja Mais
Nos supermercados, “Dia das Mães” aumentará as vendas em 10%
Sorteio de "Kit Dia das Mães" é um dos atrativos em loja de presentes

De acordo com os comerciantes entrevistados pelo Campo Grande News a maioria dos clientes diz que “a grana está curta” e o presente da mãe só estará garantido no sábado. “Muita gente sempre deixa para última hora. É o jeito do brasileiro. Eles dizem: eu venho no sábado. Estamos torcendo para que venham mesmo, porque até agora o movimento está fraco”, conta a supervisora de uma loja de roupas, Ingrid Rondon, 31 anos.

Dentre os que já compraram o presente, Ingrid conta que a maioria é de pessoas mais maduras e pais que compram para o filho presentear a mãe. De acordo com a supervisora, os mais adiantados gostam de pesquisar os preços. É o caso de Neide Miranda, 56 anos, que comprou o presente da mãe e aproveitou para escolher o próprio presente, durante as compras com a filha, Natália Miranda, 29 anos. “Nós preferimos comprar logo, porque temos tempo de pesquisar os preços e no fim de semana é muito tumultuado”, diz a filha.

A vendedora do Camelódromo, Sandra Bastos, acha que deixar as compras para última hora é o jeito do brasileiro (Foto: Marcelo Victor)A vendedora do Camelódromo, Sandra Bastos, acha que deixar as compras para última hora é "o jeito do brasileiro" (Foto: Marcelo Victor)
No Camelódromo, o baixo movimento de clientes preocupa os vendedores (Foto: Marcelo Victor)No Camelódromo, o baixo movimento de clientes preocupa os vendedores (Foto: Marcelo Victor)

“Maré sem ondas” - No camelódromo, a falta de clientes preocupa mais. “Esse é o primeiro ano que a véspera do dia das mães está assim, os corredores estão vazios. Se der um movimento maior vai ser só sexta ou sábado”, lamenta a vendedora de bolsas, Luzia Palmeira, 72 anos. Ela conta que as vendas caíram desde o início do ano.

A vendedora de óculos e relógios, Sandra Bastos, 39 anos, também atribui a falta de clientes ao “jeito do brasileiro”, mas está otimista. “Nessa época, geralmente as pessoas já falam que estão procurando presente para mãe. Até agora não veio ninguém, mas a partir de sexta-feira devem vir”, afirma.

Isabel Alves, 43 anos, que está no camelódromo há 15 anos, conta que nunca viu um movimento tão baixo em véspera de feriado. “Eu não sei se vai aumentar muito as vendas. Não que eu seja negativa, mas é a realidade. Estava bom ano passado, mas desde o início do ano o movimento baixou e agora está uma “maré ruim, sem ondas’”, reclama a vendedora, mas sem perder o bom humor.

Prêmios - Os shoppings da cidade apostam nas premiações para atrair os clientes e não reclamam do movimento, até então. O “Bosque dos Ipês”, inaugurado em agosto do ano passado investiu R$ 100 mil em prêmios para o seu primeiro “Dia das Mães”. “Esperamos que o cliente encontre o presente e ainda possa ser contemplado. Na nossa promoção as chances são maiores”, diz Murilo Loureiro, diretor de projetos do shopping Bosque dos Ipês.

O shopping “Norte Sul Plaza”, que investiu R$ 73.600 em prêmios, aposta na promoção conjugada ao “Dia dos Namorados”. “A participação nos sorteios já é 30% maior que a do ano passado. O diferencial esse ano é que, entre os prêmios temos até jóias e mesmo o consumidor que já foi contemplado, concorre até o dia 29 de junho, quando será sorteado o carro”, diz a gerente de marketing, Daniela Masson.

O shopping Campo Grande, o mais antigo da cidade, associou o “Dia das Mães” à Copa do Mundo. Na promoção “Mãe Campeã”, a cada R$ 300,00 em compras o cliente ganha um cupom para concorrer a quatro vale compras, no valor de R$ 10 mil.

A campanha “Mãe é fonte de inspiração”, do shopping “Pátio Central” fará homenagem com exposição de fotos, entre os dias 12 e 24 de maio. Será exposta uma seleção de fotos de mães e filhos, de clientes que enviaram as imagens até a última segunda-feira (5).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions