A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Setembro de 2016

23/10/2015 17:24

MS fecha 2.185 vagas de emprego em setembro, o pior em 12 anos

Renata Volpe Haddad
Setor de serviços em MS foi o que mais fehcou vagas em setembro, registrando 1.521 empregos a menos. (Foto: Gerson Walber)Setor de serviços em MS foi o que mais fehcou vagas em setembro, registrando 1.521 empregos a menos. (Foto: Gerson Walber)

O setor de serviços em Mato Grosso do Sul, até então resistente a crise, demitiu 1.521 trabalhadores com carteira assinada. Dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) mostram que o setor sofreu forte retração em setembro, colaborando para o pior desempenho do mercado de trabalho dos últimos 12 anos.

Veja Mais
MS elimina 1.487 vagas de emprego e tem o pior mês de agosto em 12 anos
Demissão surpreende e MS bate recorde ao fechar 2.068 vagas

O levantamento realizado pelo Ministério do Trabalho e Emprego revela que o Estado perdeu 2.815 empregos celetistas, o que equivale à redução de 0,55% em relação a agosto. Este é o pior resultado da série histórica do Caged. Em setembro de 2005, o Estado registrou perda de 1.251 empregos, e desde então, o mês sempre havia sido positivo.

Continuando a sequência de quedas, a indústria da transformação demitiu 831 funcionários, seguido da construção civil, que perdeu 323 postos de trabalho.

De acordo com o Caged, de janeiro a setembro deste ano, houve perda de 2.979 postos de trabalho em Mato Grosso do Sul, o que equivale uma redução de 0,58%. Nos últimos 12 meses, a retração nos empregos celetistas foi de 3,07% e menos 16.318 postos de trabalho.

Em agosto deste ano, o setor da Agropecuária disponibilizou 152 vagas e neste mês, fechou 45. Apenas dois setores contrataram funcionários em setembro que foram: Serviços de utilidade pública registrou (seis) e administração pública (dois).

Municípios - Ainda conforme o Caged, Campo Grande perdeu 1.441 postos de trabalho. Em seguida aparece Naviraí, com 510 demissões; Dourados (276); Três Lagoas (160); Rio Brilhante (118); Maracaju (66); Corumbá (60); Aquidauana (44); Paranaíba (38); Coxim (31); Amambai (10).

Em Nova Andradina foi gerado 40 empregos celetistas em setembro, seguido de Ponta Porã com 16 novos postos de trabalho e Sidrolândia com 4 novas vagas.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions