A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Setembro de 2016

10/04/2015 10:08

MS reduz produção de sete culturas e safra total deve cair 1,5% em 2015

Caroline Maldonado
Produção de milho deve diminuir 8,2 %, em relação ao ciclo anterior (Foto: Arquivo/Cleber Gellio)Produção de milho deve diminuir 8,2 %, em relação ao ciclo anterior (Foto: Arquivo/Cleber Gellio)

A estimativa para os resultados da safra 2015 de cereais, leguminosas e oleaginosas continuam pessimistas, visto que houve aumento de área e produção de algumas culturas, mas reduções significativas de outras partes em Mato Grosso do Sul. O total produzido não deve passar de 14,6 milhões de toneladas, o que significa 1,5 % a menos do que o colhido na safra anterior, segundo levantamento divulgado hoje (10) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Veja Mais
Colheita de soja está com atraso de 25,5% com relação à safra passada
Safra de milho deverá ser 6,4% maior e atinge 8,3 milhões de toneladas

A estimativa de março para a safra é 0,2 % inferior a calculada no mês de fevereiro. Com redução de 0,1% na área a ser colhida, a produção de milho deve diminuir 8,2 %, em relação ao ciclo anterior. Contabiliza perda de área também a cultura de algodão. Nesta safra, já são 15,1 % a menos em volume para colheita e espera-se 18,6 % a menos em produção.

Menos expressivas em Mato Grosso do Sul, as produções de feijão, abacaxi, café, tomate e trigo também serão reduzidas conforme a estimativa, feita a partir do LSPA (Levantamento Sistemático da Produção Agrícola), realizado mensalmente com dados das Comea (Comissões Municipais) e/ou COREA (Comissões Regionais); consolidados em nível estadual pelos GCEA (Grupos de Coordenação de Estatísticas Agropecuárias).

Com redução de área de 2,5 %, a produção de feijão deve cair 7,9 %. Para a produção de abacaxi está prevista queda de 8,3 %, embora aumento de área de 0,8 %. O café teve acréscimo de 3 % na área, mas espera-se retração de 13,4 % no total produzido. A produção de tomate deve cair 5,6 %, com redução de área de 4,3 %. O trigo já tem 2,1 % a menos de área, o que deve impactar com diminuição de 14,8 % no volume produzido.

Saldo positivo – A previsão é positiva, no entanto, para as culturas de soja (7,4 %), cana-de-açúcar (3,5 %), mandioca (9,3 %), arroz (12,1 %), banana (30 %) e laranja (1,3 %). Ambas as culturas contam ainda com elevações, entre 3 % e 13 %, na área a ser colhida nesta safra.

Brasil – A estimativa da safra nacional totaliza 199,7 milhões de toneladas, 3,6% superior à obtida em 2014, de 192,8 milhões de toneladas. Segundo o IBGE, a previsão de março em relação a fevereiro cresceu 139,2 mil toneladas, ou seja, 0,1%).

A estimativa da área a ser colhida é de 57,3 milhões de hectares, 1,7% maior que a área colhida em 2014, de 56,3 milhões de hectares e 0,2% maior na comparação com fevereiro. Arroz, milho e soja, os três principais produtos deste grupo, somados representaram 91,6% da estimativa da produção e responderam por 85,5% da área a ser colhida.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions