A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 30 de Setembro de 2016

19/11/2015 11:40

MS tem 2º maior crescimento do país e PIB soma R$ 69 bi graças a agricultura

Caroline Maldonado
Desempenho da agricultura impulsionou crescimento do PIB de MS (Foto: Marcos Ermínio)Desempenho da agricultura impulsionou crescimento do PIB de MS (Foto: Marcos Ermínio)
Ganhos da silvicultura influenciaram crescimento do PIB (Foto: Gerson Walber)Ganhos da silvicultura influenciaram crescimento do PIB (Foto: Gerson Walber)

O PIB (Produto Interno Bruto) de Mato Grosso do Sul teve o segundo maior crescimento do país em 2013, graças ao desempenho da agricultura, silvicultura e indústria de transformação. O volume cresceu 6,6% em relação ao ano anterior e alcançou R$ 69,1 bilhões, segundo pesquisa divulgada hoje (19), pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Veja Mais
Plantio chega a 90% e sojicultores debatem estratégias de mercado
Prazo para cadastro de produtores de soja termina no próximo dia 10

Entre os anos de 2010 e 2013, o crescimento foi de 17% e MS ficou em 4º lugar entre os Estados com maior expansão. O percentual é superior ao do Brasil, que ficou em 9,1%. Em 2013, os preços das commodities de soja e milho estavam supervalorizados, o que impactou no desempenho de MS e de outras regiões de produção agrícola.

O PIB de Mato Grosso é o que mais cresceu no período, com avanço de 21,9%. Em segundo lugar, ficou o Amapá, com alta de 18,3% e, em seguida, o Amazonas, com crescimento de 17,3%. O crescimento mais tímido foi do Rio de Janeiro, que ficou em 27º lugar, com alta de 5,7%. O 26º é Minas Gerais, com aumento de 6,2% no PIB.

Na região Centro-Oeste, Mato Grosso do Sul tem o meno PIB. O primeiro Estado é Distrito Federal, com R$ 175,3 bilhões; o segundo é Goiás, com R$ 151 bilhões e o terceiro Mato Grosso, cujo o montante é de R$ 89,1 bilhões.

O produto interno bruto de MS é superior ao de Maranhão (R$ 67 bi), Rio Grande do Norte (R$ 51,4 bi), Paraíba (R$ 46 bi), Sergipe (R$ 35,1 bi), Piauí e Rondônia (R$ 31 bi, Alagoas (R$ 37,2 bi), Tocantins (R$ 23 bi), Amapá (R$ 12 bi), Acre (R$ 11 bi) e Roraima (R$ 9 bi).

O maior volume do país vem de São Paulo, responsável por R$ 1,7 trilhão, o que representa 32,1% do PIB do país. Entre 2010 e 2013, 18 Estados cresceram mais que o Brasil. O país registrou PIB de R$ 5,3 trilhões e crescimento de 9,1% neste período. De 2012 para 2013, o crescimento foi de 3%, conforme a pesquisa do IBGE. Já o produto interno bruto per capita ficou em R$ 26,4 bilhões.




COM O TARIFAÇO DEVE AUMENTAR UM POUCO. ESSE GOVERNO É BURRO DEMAIS, PREFEREM AUMENTAR OS IMPOSTOS E O DESEMPREGO DO QUE AUMENTAR O INCENTIVO A PRODUÇÃO, COMERCIO, INDUSTRIA, ETC....NAO SEI ONDE VAMOS PARAR, MAS SE PREPAREM 2016 VAI SER O ANO DA MISERIA.....
 
brasileiro em 19/11/2015 15:10:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions