A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 29 de Setembro de 2016

06/04/2015 11:50

MSGÁS vai dobrar fornecimento para acompanhar expansão da Fibria

Priscilla Peres
Presidente da MSGÁS foi recebido por diretor da Fibria. (Foto: Divulgação/Assessoria)Presidente da MSGÁS foi recebido por diretor da Fibria. (Foto: Divulgação/Assessoria)

Para continuar atendendo e expandindo seu principal mercado consumidor, a MSGÁS (Companhia de Gás do Estado de Mato Grosso do Sul) se comprometeu em continuar atendendo a Fibria, após a duplicação da unidade de Três Lagoas - distante 338 km da Capital.

Veja Mais
MSGÁS ganha com falta de água e lucro cresce 241% com termelétricas
MSGás amplia rede para atender Hospital do Câncer e hotel na Capital

A empresa de celulose consome atualmente 140 mil metros cúbicos de gás natural por dia, mas deve aumentar a demanda em 114%, chegando a consumir 300 mil m³/dia. Esse aumento está previsto para ocorrer nos próximos anos, com a instalação da segunda linha de produção.

O projeto de ampliação está orçado em US$ 2,5 bilhões, o que equivale a cerca de R$ 8 bilhões. Até o fim de maio, a empresa espera receber o haval do conselho de administração para dar andamento ao projeto.

Em reunião na semana passada, o gerente geral da Fíbria em Três Lagoas, Renato Otoni, disse que "a MSGÁS deve estar preparada para acompanhar neste novo projeto”. Em atividade, a ampliação será responsável pela geração de mais de mil empregos diretos e indiretos.

“A nossa missão é vender o gás natural. Estamos nos antecipando ao novo projeto e colocando a MSGÁS à disposição da Fíbria para ampliarmos nossa parceria comercial nos próximos dois anos”, explica o diretor-presidente da companhia, Rudel Trindade Júnior.

Ele ainda destaca que nos próximos anos a MSGÁS deve continuar com um perfil mais agressivo, visando ampliar a comercialização do gás natural e transformá-lo em uma fonte econômica e limpa para fazer frente aos aumentos de energia elétrica e combustíveis.

Fibria - Se aprovado, o novo projeto promete dobrar o tamanho da fábrica e a empresa passará dos 1,750 milhão para produção de 3 milhões de toneladas por ano. A direção da empresa prevê a construção da planta em até dois anos. Neste período, a Fíbria pretende incorporar mais 100 mil hectares de florestas plantadas de eucalipto dos 200 mil atuais em solo sul-mato-grossense.

A disparada da moeda norte-americana acabou beneficiando a Fíbria, responsável por pelo menos 50% das exportações de Mato Grosso do Sul, com mercado cativo liderado pela Europa, com 41%; Ásia, com 25%, América do Norte, com 24%; e América Latina com 10%. A companhia de celulose tem presença consolidada nestes mercados que cresce, anualmente, algo em torno de 1,5 milhão de toneladas

MSGás amplia rede para atender Hospital do Câncer e hotel na Capital
A Companhia de Gás de Mato Grosso do Sul (MSGás) deu início nesta semana a construção de novo ramal de gás natural, entre a Rua Antônio Maria Coelho ...
Agência aprova reajuste do preço do gás natural aplicado pela MSGÁS
A Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos) aprovou e homologou hoje, o reajuste da tarifa de gás natural canalizado em Mato Grosso...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions