A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 24 de Setembro de 2016

21/01/2016 15:37

Navegação na Tietê-Paraná volta em fevereiro, se a chuva colaborar

Caroline Maldonado
MS já deixou de trasportar mais de 4 milhões de toneladas pela hidrovia (Foto: Departamento Hidroviário SP)MS já deixou de trasportar mais de 4 milhões de toneladas pela hidrovia (Foto: Departamento Hidroviário SP)

O DH (Departamento Hidroviário do Estado de São Paulo) prevê para fevereiro a reativação da hidrovia Tietê-Paraná, importante para o escoamento de produtos de Mato Grosso do Sul. Porém, a previsão só vai se concretizar caso as chuvas continuem constantes na região dos reservatórios. O Estado já deixou de trasportar mais de 4 milhões de toneladas pela hidrovia, bloqueada em função da estiagem e do uso de reservas de água para geração de energia. 

Veja Mais
Alckmin anuncia recursos e Reinaldo fala sobre perdas com a hidrovia
Há um ano parada, agência estima que hidrovia reabra no segundo semestre

Apesar das chuvas das últimas semanas, que permitiram alcançar a cota de 326,60 metros na reserva de Três Irmãos, a reativação da navegação está condicionada a estabilização da cota em 325,40 metros. Caso o nível se mantenha, a hidrovia poderá operar com plena capacidade, segundo a Secretaria de Logística e Transportes de São Paulo.

De acordo com o órgão, o Governo de São Paulo e o ONS (Operador Nacional do Sistema) fizeram esforços para que os reservatórios dos rios Tietê, Grande e Paranaíba pudessem ser gerenciados para o nível de armazenamento das águas necessário para restabelecer a navegação. Em agosto do ano passado, o ONS iniciou operações para transferência de água dos reservatórios de Três Irmãos e Ilha Solteira, pelo Canal de Pereira Barreto.

“Quanto aos níveis para a reativação da navegação, vale reforçar que o reservatório de Três Irmãos está ligado ao de Ilha Solteira pelo canal, por isso é imprescindível que a transposição natural das águas por esse sistema interligado adquira estabilidade para manter o nível necessário para a navegação”, explicou o Departamento Hidroviário, em nota.

Hoje, a cota de equilíbrio entre os reservatórios de Três Irmãos e de Ilha Solteira ainda é de 324,90 m. O DH monitora a situação e está em contato com o ONS e a Marinha para garantir a manutenção do nível necessário para a liberação em fevereiro.

A navegação foi suspensa pela Marinha, em maio de 2014, no trecho entre o km 99,5 do reservatório de Três Irmãos e a eclusa de Nova Avanhandava, em função do baixo nível de água. No entanto, já havia restrições no trecho, desde fevereiro de 2014, por causa do uso da água para a geração de energia. A falta de chuvas agravou a situação e com a hidrovia fechada há cerca de um ano e oito meses, rodovias estão sobrecarregadas.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions