A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Setembro de 2016

11/11/2014 14:09

Número de inadimplentes cresce 68% e dívida chega a R$ 102 mi

Priscilla Peres

O número de campo-grandenses com dívidas e inscritos no SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) cresceu 68% em 2014, enquanto que o valor do débito passou de R$ 72 milhões em janeiro deste ano para R$ 102 milhões em outubro, segundo números do banco de dados do SCPC na Capital.

Veja Mais
Com menor preço médio do país, litro da gasolina é vendido por R$ 3,09
Bancários completam 21 dias em greve sem previsão para voltar ao trabalho

Enquanto o número de clientes negativados passou de 75.968 em janeiro para 128.306 em outubro, a quantia de dívidas nesse período saltou de 107 mil para 272 mil. Em relação a outubro de 2013, o valor da dívida cresceu 61% e o número de inadimplentes quase dobrou, passando de 66.556 outubro de 2013, para 128.306 este ano, um acréscimo de mais de 92%.

Para o presidente da ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande), João Carlos Polidoro, vários motivos influenciaram o aumento da inadimplência. “Podemos elencar o descontrole financeiro das famílias, instabilidade econômica, o aumento da inflação - que encarece principalmente o custo com alimentação - e até o desemprego que reflete na população de baixa renda com pouca qualificação”, diz.

Além disso, Polidoro ressalta que mais empresas da Capital passaram a negativar os clientes inadimplentes no banco de dados do SCPC. Para amenizar a inadimplência, a ACICG realiza anualmente em novembro uma campanha de renegociação de dívidas. Na semana passada, 9.207 pessoas se consultaram no balcão do SCPC na praça Ary Coelho durante o Nome Limpo e cerca de 80% estavam negativadas.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions