A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Setembro de 2016

02/09/2016 12:34

Números de endividados na Capital cresce e chega a 166 mil pessoas

Priscilla Peres

Campo Grande tem 166 mil pessoas endividadas e a previsão é que do total, 34.706 não tenham condições de pagar o débito. Em um ano o número cresceu 17%, o que significa que entre agosto de 2015 e o mesmo mês de 2016, 24,4 mil pessoas fizeram novas dívidas.

Veja Mais
Paralisação dos bancários completa 20 dias sem previsão de término
Entre a novidade e a decadência, quadrilátero é retrato do comércio

Os números são da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) e foram divulgados hoje. Em percentual, Campo Grande tem 55,6% da população economicamente ativa endividada e 11,6% entre os que não terão condições de arcar com o débito.

A pesquisa também revela que 29% dos endividados têm contas em atraso, o que representa 86 mil pessoas nessa situação. Essas dívidas podem ser com cheques pré-datados, cartões de crédito, carnês de lojas, empréstimo pessoal, prestações de carro e seguros.

Todos os índices tiveram crescimento em relação a julho. "Apesar do discreto crescimento, o índice ainda é inferior na comparação com o mesmo período do ano passado, quando as famílias com compromissos parcelados representavam 57,3%", diz o presidente do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio MS, Edison Araújo.

Das famílias ouvidas na pesquisa, 67,3% apontaram o cartão de crédito como o principal meio de endividamento; 26,9% os carnês e 23,8% os financiamentos de carro.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions