A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Setembro de 2016

27/06/2014 15:22

Olarte diz que arrecadação está em recuperação e previsão é ótimista

Caroline Maldonado
Olarte disse que arrecadação será convertida em obras (Foto: Marcelo Victor)Olarte disse que arrecadação será convertida em obras (Foto: Marcelo Victor)

O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte, informou que a arrecadação municipal, que ficou estagnada em meio ao clima de infenição na política na administração da cidade, está em recuperação. A estimativa, segundo afirmou hoje ao fazer um balanço de cem dias administração é que a ampliação supere os 10%.

Veja Mais
Prefeitura estuda recuperar defasagem de até 80% no IPTU em três anos
Prefeitura ampliou em 11% receita de IPTU de janeiro a maio

“Já começamos a visualizar que a arrecadação já começa a ser bem melhor. Vai ser bem maior do que o ano passado”, disse Olarte, durante o evento na Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul).

De janeiro a maio a receita de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), uma das maiores fontes tributárias do município, já teve alta de 11,37%, em relação ao mesmo período do ano passado. O município recebeu mais de R$ 200 milhões com o imposto. De acordo com o Olarte, o crescimento da receita no ano passado foi de pouco mais de 3%. “Estamos percebendo que temos que ampliar bastante”, complementou o prefeito.

As dívidas dos inadimplentes do IPTU totaliza R$ 600 milhões. Com o PPI (Plano de Pagamento Incentivado), que dará descontos nos juros e atualização monetária, a Prefeitura pretende recuperar o máximo possível. “Dívida atrasada nem sempre se consegue receber tudo. Nós temos o desejo de receber o máximo possível, se for 50, 100 ou R$ 200 milhões”.

Olarte destacou que o município precisa recuperar a dívida, pois há diversas demandas por atender. “O que nós temos para atender é enorme, temos muita coisa para fazer. Tem que reformar escola, tem bairros para asfaltar, para drenar, temos que investir em infraestrutura para reforçar os polos industriais. Vamos receber o dinheiro, colocar no caixa e fazer as obras”, afirmou.

Plano de Pagamento Incentivo - A partir de setembro, o PPI dará oportunidade para os devedores do IPTU quitarem as dívidas com a prefeitura. Haverá descontos sobre os juros e multas. De 1º de julho a 31 de agosto, a prefeitura está negociando com os devedores de ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza), cuja dívida passa também dos R$ 600 milhões.

Para os pagamentos à vista, até o dia 31 de julho, haverá descontos de 80% na correção monetária, 100% nos juros, 80% nas multas. A partir de 1º de agosto até 31 do mesmo mês, os pagamentos à vista terão descontos de 60% na correção monetária, 100% nos juros e 70% nas multas. As dívidas também podem ser parceladas em cinco vezes e pagas com cartão de crédito.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions