A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Setembro de 2016

16/07/2014 10:37

Olarte estima receber só 7% de dívidas de contribuintes com o ISS

Luciana Brazil e Kleber Clajus

O prefeito Gilmar Olarte (PP) afirmou na manhã de hoje (16) que deverão ser arrecadados R$ 300 milhões como parte do pagamento de empresas em débito com vários impostos no município. Só com o ISSQN (Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza) a prefeitura espera R$ 50 milhões, valor que é bem menor que a dívida estimada pela prefeitura, que é de R$ 690 milhões. Pela afirmação do prefeito, a administração se dá por safisfeita recuperando apenas 7,2% do montante.

Veja Mais
De 45 mil devedores, só 550 foram à central renegociar tributo
Central para renegociar R$ 600 milhões de ISS começa a funcionar

Reportagem da semana passada do Campo Grande News mostrou que é baixa a procura para renegociar débitos por meio do PPI (Programa de Pagamento Incentivado), que prevê descontos em juros e multas.  Uma central de atendimento foi criada para atender devedores, desde o dia primeiro de julho. “É uma oportunidade única, mas muitas vezes o brasileiro deixa para resolver isso na reta final”, disse o prefeito.

Para negociar ISSQN, os contribuintes tem até o dia 31 de agosto. Em setembro será a vez dos que estão em dívida com o IPTU. Para outubro poderá haver oportunidades de desconto para os outros tributos, como disse o chefe do Executivo. Ele não detalhou o que vai ser essa nova oportunidade. Ao todo, a prefeitura tem a receber mais de R$ 1,3 bilhão de impostos.

Olarte afirmou que a baixa arrecadação do município no ano passado, durante a gestão do ex-prefeito Alcides Bernal (PP), cassado em março deste ano. A queda da arrecadação chegou a R$ 320 milhões, segundo o prefeito.
Porém, com o fim de entraves em vários setores da administração, Olarte é otimista. “Hoje não existe mais fila para retirar alvará e o habite-se que eram um dos maiores entraves para a entrada de recursos, via Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano)”, disse.

O prefeito disse que a atual administração está buscando acelerar os investimentos na cidade. Ele lembrou que a construção de oito torres da construtora Plaenge, que estavam paradas por “ingerência”, já foi retomada. Conforme ele, 110 empresas aguardam liberação na Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Turismo e Agronegócio). Do total, 18 já tiveram os documentos encaminhados para Câmara Municipal de Vereadores para aprovação da doação de terreno ou benefícios fiscais.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions