A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 29 de Setembro de 2016

05/04/2016 12:50

Ovos que não vendem nem mais baratos serão devolvidos à indústria

Caroline Maldonado e Mariana Castelar
Para tentar esvaziar  corredor, Walmart faz promoção de Ovos de Páscoa (Foto: Direto das Ruas)Para tentar esvaziar corredor, Walmart faz promoção de Ovos de Páscoa (Foto: Direto das Ruas)

A Páscoa não rendeu tanto quanto os supermercados esperavam e o estoque após a comemoração chega a ser 10% maior, em comparação com anos anteriores. Uma semana depois da data, alguns mercados vão devolver os produtos à indústria ou fazem o que chamam de “rebaixa”, que são as promoções. Isso já é previsto nas negociações entre a indústria e os revendedores.

Veja Mais
Domingo passou, mas ovos de Páscoa permanecem nas prateleiras
O que você tem ensinado ao seu filho sobre a Páscoa?

O tipo de “rebaixa” mais adotado é aquele em que três ovos saem pelo preço de dois. Com a mudança na oferta, o mercado tem variação também no valor que paga ao fornecedor e assim não sai no prejuízo.

O proprietário do supermercado Gáucho, Luiz Tadeu Gaetedicke, explica o que é feito para driblar a retração no interesse do consumidor. “É mais comum fazer a rebaixa do que devolver os ovos. Neste ano, percebemos que houve redução nas compras e o estoque é 10% maior que do ano passado, após a Páscoa. O que mais vendeu foram os ovos médios e menores”, comentou o empresário, que também é presidente da Rede Econômica.

Ainda em época de Páscoa, Comper Jardim dos Estados ainda tem vários corredores forrados com Ovos. (Foto: Mariana Castelar)Ainda em época de Páscoa, Comper Jardim dos Estados ainda tem vários corredores forrados com Ovos. (Foto: Mariana Castelar)

Nas gôndolas do hipermercado Walmart também dá para perceber que as vendas não alcançaram as metas. O grupo não comenta resultados de vendas ou níveis de estoque. No entanto, a assessoria do hipermercado informou que a indústria é quem decide se retira os ovos de páscoa da loja ou faz promoções.

Enquanto passava pelo Comper Jardim dos Estados, os estudantes Thiago Nunes e Bernardo Oliveira olhavam os Ovos de Páscoa com a intenção de comprar, mas ao ver os preços desistiram. "Pensamos que estaria na promoção porque já passou a Páscoa, mas o preço ainda tá alto".

Com vários corredores do supermercados cheio de Ovos, a diretoria do Comper informou que esta semana as empresas que comercializaram os Ovos de Páscoa recolherão os chocolates que não foram vendidos, por conta disso não foram programadas promoções. Não foi informado a quantidade do estoque, porém o diretor percebeu que houve queda nas vendas, em relação ao ano passado.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions