A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Setembro de 2016

17/12/2015 08:12

Para economizar, supermercados poupam até na decoração natalina

Caroline Maldonado
Alguns supermercados cortaram decoração e outros usam enfeites discretos (Foto: Caroline Maldonado)Alguns supermercados cortaram decoração e outros usam enfeites discretos (Foto: Caroline Maldonado)
Itens simples garantem o colorido de Natal em alguns supermercados  (Foto: Caroline Maldonado)Itens simples garantem o colorido de Natal em alguns supermercados (Foto: Caroline Maldonado)

Todos os anos, os supermercados fazem decoração especial para o Natal, mas desta vez os clientes já perceberam que alguns estabelecimentos quebraram a tradição e outros colocaram pouquíssimos adornos nas lojas. Alguns admitem que o comportamento tem a ver com corte de gastos. Em contrapartida, outros não abrem mão dos enfeites para encher os olhos dos consumidores, em especial as crianças.

Veja Mais
Procon aponta variação de preço de 121% em produtos da cesta natalina
Comprar os produtos e preparar a típica ceia de Natal está 18% mais caro

O supermercado Enconta, no Bairro do Cruzeiro, não tem decoração específica e o gerente explica o motivo. Segundo Lucinei Ferreira, o ano tem sido de queda nas vendas e foi preferível excluir os enfeites.

“Temos 13° salário e outras despesas mais importantes. Buscamos investir na qualidade e no atendimento aos clientes, conversamos com os funcionários para que isso aconteça, mas decoração não vai ter”, justifica o gerente. Os consumidores se importam mais com os preços, mas também lamentam a extinção ou redução dos enfeites de Natal.

“Não tem quase nada de decoração, está bem apagado. Isso é ruim porque tira o espírito natalino, ainda mais para as crianças. Com certeza, estão cortando gastos”, comenta a aposentada Mara Frei, 50 anos, que faz compras em um supermercado grande da Capital. Por lá, algumas árvores de Natal pequenas que acompanham itens em promoção na loja, além de enfeites no alto, apenas na entrada.

A decoração não é o mais importante, mas também não deveria ser ignorada na opinião da estudante Indiane Vasconcelos, 25 anos. “Acho que isso influencia um pouco na compra, principalmente para as crianças que gostam disso e é só nessa data que podem aproveitar para ver esse tipo de coisa”, comenta.

No Bairro Tiradentes, a gerência do supermercado Pires não abriu mão dos assessórios que lembram o Natal, mas buscou fazer algos simples, que não se sobreponha aos produtos à venda. “Colocar muitas coisas na loja polui um pouco a visão, pode acabar tirando o foco aos informativos de preços. Depende de cada loja, alguns colocam mais enfeites”, diz o gerente da unidade, que tem referência ao Natal nos diversos setores.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions