A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Setembro de 2016

24/09/2014 10:05

Pesquisa mostra crescimento da indústria com 31% das contratações

Caroline Maldonado
Indústria é o setor que mais emprega em MS (Foto: Arquivo/Cleber Gellio)Indústria é o setor que mais emprega em MS (Foto: Arquivo/Cleber Gellio)

A indústria de transformação é o setor que mais contrata no Mato Grosso do Sul, segundo pesquisa realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 2012. Esse segmento contratou 31,6% do total de 83,8 mil empregados em diversos setores. O Estado tem 179 empresas desse ramo, sendo 134 de alto crescimento e 45 consideradas como “gazelas”, porque crescem muito e rapidamente.

Veja Mais
Greve dos bancários chega ao 19º dia com 144 agências sem atendimento
FCO amplia acesso para empresas que faturam até R$ 16 milhões por ano

O setor de construção é o segundo na lista, sendo responsável por 17,9% das contratações, foram 15 mil empregados. Em seguida, está o comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas, com 14,3 mil contratados, o que representa 17,1% do total. São 92 empresas de alto crescimento e 29 “gazelas” na construção. Já o comércio e reparação de veículos tem 470 unidades de alto crescimento e 90 entre as que crescem muito e rápido.

Em terceiro lugar, a pesquisa revela o setor de atividades administrativas e serviços complementares, com 9,9 mil funcionários, que representam 11,8% do total. Juntos, a agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura empregam 5,6 mil pessoas, 6,7% do total. Na sequência, as indústrias extrativistas têm 1,1 mil funcionários, o que significa 1,4%. Transporte, armazenagem e correio empregam 5 mil pessoas.

Foram levantados ainda dados dos setores de alojamento e alimentação, com 1,1 mil contratados, sendo 26 de empresas de alto crescimento e 16 de unidades “gazelas”. Serviços de água, esgoto, atividades de gestão de resíduos e descontaminação totalizam 769 empregados; enquanto saúde humana e serviços sociais têm 759 funcionários, atividades profissionais, científicas e técnicas contam com 627 empregados, outras atividades e serviços têm 704.

Setor de construção é o segundo na lista, sendo responsável por 17,9% das contratações (Foto: Cleber Gellio)Setor de construção é o segundo na lista, sendo responsável por 17,9% das contratações (Foto: Cleber Gellio)

Atividades financeiras de seguros e serviços relacionados têm 649 empregados, informação e comunicação empregam 421 pessoas, a educação emprega 363 pessoas e atividades imobiliárias conta com 159 funcionários.

Em alta – Dentre os setores com empresas “gazelas” se destacam a construção; o comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas; transporte, armazenagem e correio; construção; indústria de transformação; agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura; atividades administrativas e serviços complementares; alojamento e alimentação; atividades financeiras de seguros e serviços relacionados; além de informação e comunicação.

FCO amplia acesso para empresas que faturam até R$ 16 milhões por ano
Foi aprovado nesta semana pelo Ceif (Conselho Estadual de Investimentos Financiáveis) do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) ...
Dólar comercial fecha a semana em queda e cotado a R$ 3,24
Após duas altas seguidas do dólar comercial durante a semana, a moeda norte-americana fechou nesta sexta-feira (23) cotado a R$ 3,247 na venda e com ...
Desemprego desacelara, e MS cria mais 1.077 vagas de trabalho em agosto
Mato Grosso do Sul abriu 1.077 empregos formais a mais no mês de agosto -equivalentes ao acréscimo de 0,21% -, em relação ao estoque de assalariados ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions