A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Setembro de 2016

26/12/2014 14:11

Petrobras fará pagamento de R$ 25 mi a fornecedores, mas não estipula data

Caroline Maldonado
Obra foi encerrada com 82% concluída, agora aguarda impasse para término da construção. (Foto: Perfil News)Obra foi encerrada com 82% concluída, agora aguarda impasse para término da construção. (Foto: Perfil News)

A dívida da UFN 3 (Unidade de Fertilizantes Nitrogenados) com fornecedores de Mato Grosso do Sul chega a R$ 25 milhões de acordo com o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Três Lagoas, Atílio D’Agosto, que participou de reunião com representantes da Petrobras nesta semana. Já com empresários de Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, a dívida é de R$ 12 milhões.

Veja Mais
Trabalhadores fazem fila para receber R$ 32 mi e passar Natal em casa
Demitidos da UFN3 fazem protesto para receber e passar Natal em casa

Apesar de garantir que o pagamento será realizado, a Petrobras não estipulou data, apenas pediu que os fornecedores não façam novas manifestações e marcou outra reunião no dia 30 deste mês. É possível que a empresa chinesa Sinopec assuma a obra e a dívida, mas não há nada certo.

“Ainda tem muitas questões burocráticas que impossibilitam a empresa de assumia dívida, mas a discussão evoluiu bastante e talvez na próxima reunião seja definido um cronograma”, comenta Atílio, ao destacar que os representantes da Petrobras deixaram claro que os fornecedores não ficaram sem receber. “Eles se demonstraram bem preocupados com a situação”, avalia.

O presidente da associação explicou que o contrato é muito complexo e por isso é difícil o rompimento para que a obra seja assumida por outra empresa, ainda assim é certo que a Sinopec tem interessem em concorrer para dar continuidade a obra, iniciada em 2012, que agora está parada. “É complicado romper o contrato, porque tem muitas cláusulas e dívidas”, explica o presidente da entidade.

Depois de protestos e muita espera, o pagamento de R$ 32 milhões para ex-funcionários da construção já foi liberado, após intervenção da Justiça. Na terça-feira (23), ex-funcionários da UFN 3 fizeram fila em agências da Caixa Econômica, em Três Lagoas, para acessar o pagamento, garantido pela justiça. A maioria dos funcionários era da região Nordeste do país. Eles só ficaram na cidade até a véspera do Natal por conta do acerto.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions