A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 30 de Setembro de 2016

09/09/2014 12:50

Prefeito planeja cortar R$ 100 milhões em despesas até o fim do ano

Liana Feitosa e Kleber Clajus
Segundo prefeito, cortes devem incluir demissão de pessoal. (Foto: Kleber Clajus)Segundo prefeito, cortes devem incluir demissão de pessoal. (Foto: Kleber Clajus)

O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), afirmou hoje que está preocupado com os gastos da Prefeitura. Segundo o administrador municipal afirmou durante a reinauguração do Sesc unidade Lageado nesta manhã, existem planos de reduzir as despesas entre R$ 50 e R$ 100 milhões até o final do ano. Os cortes ajudariam a prefeitura a encerrar o ano com o orçamento longe do vermelho.

Veja Mais
Bancários entram no 25º dia de greve sem previsão de retorno ao trabalho
Com maior carga tributária do mundo, remédios consomem renda dos idosos

"Vamos priorizar medicamentos, alimentação de escolas e Ceinfs (Centros de Educação Infantil), e as coisas mais pontuais. Já foram reduzidos 90% de qualquer tipo de gasto porque, fazendo assim, e mais o PPI, vamos equilibrar as coisas até o fim do ano", explica.

O PPI (Programa de Parcelamento Incentivado), oferece a oportunidade de renegociação de débitos, multas e notificações, tornando possível o recolhimento de impostos em atraso.

Ainda de acordo com o prefeito, a administração municipal tem pedido aos servidores que economizem na luz elétrica, na água e no uso do ar condicionado. Além disso, corte de pessoal está nos planos de contenção.

"Vamos aproveitar aqueles servidores que, porventura, não deram resultado e não estão trabalhando a contento. Até porque também se faz necessário fazer economia com pessoal. Também haverá comissionados cortados", finaliza.

Após duas quedas seguidas, dólar tem alta de 1,05% e fecha a R$ 3,25
Cotado a R$ 3,256 na venda, após dois dias seguidos de baixa, o dólar comercial fechou esta quinta-feira (29) com alta de 1,05%. Com isso, a moeda no...
Índice sobe 6% e Campo Grande tem 177 mil pessoas endividadas
Campo Grande tem 177 mil pessoas endividadas, sendo que 13% não terão condições de pagar suas contas. O índice medido pelo IPF/MS (Instituto de Pesqu...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions