A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 24 de Setembro de 2016

21/10/2014 09:21

Prefeitura arrecada R$ 200 mil por dia com renegociação de débitos imobiliários

Priscilla Peres
Atendimento é realizado na rua Dr. Arthur Jorge de segunda a sexta-feira.(Foto: Marcelo Calazans)Atendimento é realizado na rua Dr. Arthur Jorge de segunda a sexta-feira.(Foto: Marcelo Calazans)

Cerca de R$ 200 mil entram diariamente nos cofres da Prefeitura de Campo Grande por meio do PPI (Programa de Pagamento Incentivado) que concede benefícios fiscais para o contribuinte que tem débitos com o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). O montante arrecadado desde o início desta fase da campanha soma R$ 31 milhões.

Veja Mais
Greve dos bancários chega ao 19º dia com 144 agências sem atendimento
FCO amplia acesso para empresas que faturam até R$ 16 milhões por ano

De acordo com o secretário municipal de Receita, Ricardo Vieira Dias, entre o dia 13 e 21 de outubro a prefeitura arrecadou R$ 1,3 milhão. "Nesse período o PPI gerou mais de R$ 250 mil por dia, isso é maior do que a média geral e estamos otimistas para chegar aos R$ 40 milhões", diz.

A expectativa é que o movimento de contribuintes que procuram a Central de Atendimento para regularizar seus débitos aumente na próxima semana, devido a proximidade com o fim do mês e o término de mais uma etapa. "No dia 31 de outubro termina o prazo para pagar com descontos de 70% ", lembra o secretário.

O programa segue até o fim de dezembro, mas o desconto diminui a cada mês. Até 31 de outubro será concedido 70% de desconto na atualização monetária com abatimento de 90% de juros de mora, além da possibilidade de parcelamento em até 12 meses.

Quem estiver com parcelas do IPTU/2014 em atraso, poderá quitar a dívida com isenção dos juros de mora (de 1% ao mês). Já as multas poderão ser quitadas com 70% de desconto. Entre 1° de novembro e 23 de dezembro a isenção é de 60% da atualização monetária e dos juros de mora, com desconto de 75% do valor total da multa ou infração administrativa.

O programa abrange também os débitos referentes ao ISSQN (Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza) da construção civil, ITBI, contribuição de melhoria e as multas por infração à legislação ambiental, código de polícia administrativa, vigilância sanitária e legislação urbanística. O atendimento está sendo realizado na Central montada na rua Arthur Jorge, 500, que funciona de segunda a sexta-feira das 8h às 16 horas.

FCO amplia acesso para empresas que faturam até R$ 16 milhões por ano
Foi aprovado nesta semana pelo Ceif (Conselho Estadual de Investimentos Financiáveis) do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) ...
Dólar comercial fecha a semana em queda e cotado a R$ 3,24
Após duas altas seguidas do dólar comercial durante a semana, a moeda norte-americana fechou nesta sexta-feira (23) cotado a R$ 3,247 na venda e com ...
Desemprego desacelara, e MS cria mais 1.077 vagas de trabalho em agosto
Mato Grosso do Sul abriu 1.077 empregos formais a mais no mês de agosto -equivalentes ao acréscimo de 0,21% -, em relação ao estoque de assalariados ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions