A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Setembro de 2016

09/09/2015 07:22

Prefeitura encerra amanhã mutirão para pagamento de dívidas na Justiça

Caroline Maldonado
Ação foi proposta por Tribunal de Justiça para diminuir número de processos (Foto: Marcos Ermínio)Ação foi proposta por Tribunal de Justiça para diminuir número de processos (Foto: Marcos Ermínio)

Termina amanhã (10) o Mutirão da Conciliação, que oferece descontos em juros para contribuintes inadimplentes de Campo Grande. Além de negociar dívidas atrasadas, é possível renegociar e também obter descontos em pagamentos de multas.

Veja Mais
Mutirão da Conciliação continua até dia 10 e já arrecadou R$ 6 milhões
Dia das Crianças vai movimentar R$ 146 milhões com R$ 119 por presente

A prefeitura espera arrecadar cerca de R$ 16 milhões com a ação proposta pelo TJ/MS (Tribunal de Justiça). Até a semana passada já foram arrecadados R$ 6 milhões. O objetivo é diminuir o número de processos judiciais. 

O atendimento é das 8h às 16h, sem intervalo de almoço, de segunda a sexta-feira, na Central de Arrecadação, na Rua Arthur Jorge, nº 500, antigo plenário da Câmara Municipal de Campo Grande.

Vantagens - Quem tem dívidas originais, ou seja, que nunca foram negociados recebe 60% de desconto na atualização e 90% de desconto nos juros de mora, se pagar à vista. Para o parcelamento em 5 vezes, o desconto na atualização é de 50% e nos juros de 80%. Já quem prefere pagar em 12 vezes, ganha 40% de desconto na atualização e 60% nos juros.

Aqueles que já negociaram a dívida antes, recebem 100% de desconto dos juros de financiamento e nos juros de mora, além de 45% no saldo remanescente. Se a preferência for pelo parcelamento em 5 vezes, o desconto é de 100% dos juros de financiamento e 80% nos juros, além de 35% de desconto do saldo remanescente.

Para dívidas parceladas em 12 vezes, o contribuinte tem 100% de desconto nos juros de financiamento, 70% de desconto dos juros de mora e 25% no saldo remanescente.

Além disso, é possível pagar multas de infração. Quem quer pagar à vista recebe 80% de desconto do valor total da dívida calculada. Já quem prefere parcelar em 5 vezes, tem 70% de desconto. Se o parcelamento for em 12 vezes, o desconto é de 50%.

Endividamento das famílias cresce e atinge 58,2%, mostra pesquisa
O endividamento das famílias brasileiras aumentou 0,2 ponto percentual de agosto para setembro deste ano, atingindo 58,2%. Apesar do ligeiro crescime...
Taxa de juros do cheque especial bate novo recorde: 321,1% ao ano
A taxa de juros do cheque especial subiu em agosto. De acordo com informações do Banco Central (BC), divulgados hoje (28), em Brasília, a taxa do che...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions