A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Setembro de 2016

17/12/2014 16:52

Prefeitura entrega carnês do IPTU e desconto de 20% vai até dia 9

Liana Feitosa
Desconto de 20% só vale para quem pagar o IPTU, à vista e até dia 9 de janeiro. (Foto: Divulgação)Desconto de 20% só vale para quem pagar o IPTU, à vista e até dia 9 de janeiro. (Foto: Divulgação)

O contribuinte tem 23 três dias para pagar o IPTU 2015 (Imposto Predial e Territorial Urbano) de Campo Grande com 20% de desconto. No entanto, com finais de semana e feriados à frente, o prazo é ainda menor. A prefeitura já entregou os cerca de 360 mil carnês, mas o desconto de 20% é garantido somente para quem pagar o valor em uma única parcela até 9 de janeiro.

Veja Mais
Governo impõe nova regra à Caixa, mas financiamentos com FGTS continuam
Pequena central hidrelétrica de MS receberá R$ 140 mi em investimentos

Quem pagar o imposto até 10 de fevereiro terá 10% de desconto. No entanto, o benefício será reduzido para 5% para contribuintes que pagarem em dia, mas optarem pelo parcelamento do imposto.

A novidade é que, segundo a Semrre (Secretaria Municipal de Receita), terão desconto aqueles que optaram pelo parcelamento, mas depois decidiram quitar o saldo devedor.

Quitar parcelas - Ou seja, para quem optar pelo parcelamento e quiser, no mês seguinte ao parcelamento, quitar de uma só vez as parcelas restantes, terá direito a um desconto especial. Portanto, quem pagar a entrada em fevereiro, com 10% de desconto, poderá ter desconto de 8% no saldo total ao pagar as prestações restantes no dia 10 de março.

“Se o saldo for de R$ 900, em 9 parcelas de R$ 100, quitará pagando R$ 828,00”, explica o secretário de Receita, Ricardo Vieira Dias.

Caso o contribuinte opte por quitar no mês seguinte, no dia 10 de abril, o pagamento do valor restante será feito com desconto de 7%. Seguindo a lógica, quem quitar as parcelas no dia 10 de maio, terá desconto de 6% e, em 10 de junho, ganhará desconto de 5%. Para quitações de parcelas em julho, agosto, setembro e outubro, se manterão os mesmos 5%.

De acordo com Vieira Dias, os descontos representam uma renúncia fiscal de aproximadamente 15% da soma do imposto lançado.

Regras - Quem tiver até R$ 50 de imposto a pagar, não terá direito a parcelamento. De R$ 50 até R$ 100, o parcelamento poderá ser feito em duas vezes. Acima de R$ 100, até R$ 150, são possíveis três parcelas. De R$ 150 a R$ 200, quatro parcelas e, de R$ 200 a R$ 250, cinco parcelas.

Para o contribuinte com imposto acima de R$ 250,00 até R$ 300,00, seis parcelas. Acima de R$ 300,00 até R$ 350,00, sete parcelas. Acima de R$ 350,00 até R$ 450,00, oito parcelas. Acima de R$ 450,00 até R$ 500,00, nove parcelas. Acima de R$ 500,00, o imposto poderá ser pago e até 10 vezes.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions