A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 30 de Setembro de 2016

17/10/2014 14:49

Prefeitura espera incremento de 19% na arrecadação de impostos em 2015

Priscilla Peres

A Prefeitura de Campo Grande espera aumentar a receita tributária em 19% no orçamento para 2015, passando de R$ 740 milhões em este ano para $ 878 milhões no ano que vem, segundo o LOA 2015 (Lei de Diretrizes Orçamentárias). A maior arrecadação será com o imposto sobre o Patrimônio e a renda estimado em R$ 527 milhões.

Veja Mais
Intenção de compra cai, mas dia das crianças pode movimentar R$ 146 mi
Bandeira tarifária de outubro é verde, sem valor adicional nas contas de luz

Só o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) vai render aos cofres públicos o montante de R$ 355 milhões. Esse mesmo imposto é uma das alternativas para salvar o orçamento e fechar as contas de 2014. Para isso o pagamento do IPTU a vista será adiantado de fevereiro para o começo de janeiro.

Em relação ao ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza), a Prefeitura espera arrecadar R$ 124 milhões e sobre IRRF (Imposto de Renda Retido na Fonte) será pago o montante de R$ 122 milhões.

O ITBI (Imposto sobre a Transmissão Inter Vivos de Bens Imóveis) e o ISS (Imposto Sobre Serviço) vão gerar aos cofres públicos um total de R$ 47 milhões e R$313 milhões respectivamente. O total de receitas está estimado em R$ 3,672 bilhões para o próximo ano, aumento de de 22,81%, quando comparado ao que está em execução e representa R$ 2,990 bilhões.

Investimentos – O maior crescimento, de 83,34% será das receitas de Capital, que incluem os financiamentos , e devem saltar de R$ 237,3 milhões para R$ 600,2 milhões. As receitas correntes vão ter aumento de 14,98%, de R$ 2,681 bilhões para R$ 3,083 bilhões.

Os recursos do Tesouro terão alta de 19,08%, de R$ 1,318 bilhão para R$ 1,493 bilhão. Neste quesito está incluída a arrecadação com os tributos, como IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). O percentual de correção do tributo será definido em reunião entre as secretarias municipais de Planejamento e de Meio Ambiente, respectivamente, Seplanfic e Semadur.

Olarte prevê investir R$ 963,2 milhões em obras em 2015, um incremento de R$ 253,9 milhões em relação ao previsto para este ano.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions