A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Setembro de 2016

17/11/2014 15:49

Prefeitura paga 13° salário no dia 19 de dezembro, anuncia Olarte

Priscilla Peres
Representantes do comércio se reuniram nessa manhã com o prefeito. (Foto: Marlon Ganassin)Representantes do comércio se reuniram nessa manhã com o prefeito. (Foto: Marlon Ganassin)

A Prefeitura de Campo Grande anunciou hoje que fará o pagamento do abono salarial de Natal dos 24 mil servidores no dia 19 de dezembro, um dia antes do prazo legal, o que irá injetar mais de R$ 100 milhões na economia da Capital. Em crise financeira, o município chegou a enfrentar boatos de que atrasaria o pagamento.

Veja Mais
Após segunda queda consecutiva, dólar fecha cotado a R$ 3,22
Dia das Crianças vai movimentar R$ 146 milhões com R$ 119 por presente

Houve um pedido do comércio para que fosse antecipado o pagamento, assim como fez o Governo do Estado, que vai fazer o depósito no dia 13 de dezembro, e a resposta da administração municipal foi essa. A preocupação dos lojistas é em garantir as vendas a tempo e reduzir o tumulto de última hora.

"O esforço de realizar o pagamento é uma obrigação. Estamos às vésperas de um período de festas e confraternização. Não é bom pra ninguém querer ter um momento de alegria e estar impedido por conta de dificuldades financeiras. Para o comércio também será positivo já que garante o aumento das vendas em geral”, justifica o prefeito Gilmar Olarte (PP).

Ele se reuniu na manhã de hoje com representantes da CDL (Câmara dos Dirigentes Lojistas), ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande), AMAS (Associação Sul-mato-grossense de Supermercados) e Fecomércio MS (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul).

Segurança - Todos os anos a prefeitura também reforça a segurança na região central do município, para dar mais tranquilidade para a população. Dessa forma, os representantes do comércio também pediram para que Olarte disponibilize os guardas municipais durante o período de vendas.

“Sabemos que a segurança pública é de responsabilidade do Governo estadual. Porém, prefeito, viemos pedir que o senhor intervenha e proponha ações efetivas para somar nesta questão. Estamos iniciando um período de grande movimento nas ruas e, infelizmente, a violência acaba inibindo a sociedade e isso prejudica os comerciantes”, disse o diretor da ACICG, Omar Aukar.

Desde o início de sua gestão, o prefeito Gilmar Olarte defende a integração da Guarda Municipal junto à segurança pública da cidade. O prefeito assegurou que irá avaliar, junto ao comando da Guarda Municipal, a possibilidade de ampliar e expandir as rondas nas ruas do centro durante este período.

Após segunda queda consecutiva, dólar fecha cotado a R$ 3,22
O dólar comercial inverteu o movimento no final da tarde, após operar em alta durante quase toda a sessão. A moeda norte-americana fechou esta quarta...
Endividamento das famílias cresce e atinge 58,2%, mostra pesquisa
O endividamento das famílias brasileiras aumentou 0,2 ponto percentual de agosto para setembro deste ano, atingindo 58,2%. Apesar do ligeiro crescime...
Taxa de juros do cheque especial bate novo recorde: 321,1% ao ano
A taxa de juros do cheque especial subiu em agosto. De acordo com informações do Banco Central (BC), divulgados hoje (28), em Brasília, a taxa do che...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions