A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 01 de Outubro de 2016

21/06/2014 11:41

Preparação para o inverno amplia em 40% venda de aquecedores

Caroline Maldonado
O vendedor conta que estoque de aquecedores acabou em dois dias (Foto: Cleber Gellio)O vendedor conta que estoque de aquecedores acabou em dois dias (Foto: Cleber Gellio)
Aquecedor solar diminui em mais de 40% o consumo de energia da casa (Foto: Arquivo/Simão Nogueira)Aquecedor solar diminui em mais de 40% o consumo de energia da casa (Foto: Arquivo/Simão Nogueira)

A estação mais fria do ano começa, de fato, hoje. E se você quer manter as noites confortáveis, sem precisar se embrulhar todo de cobertor, o "enxoval" básico inclui aquecedor, para fugir das reclamações tão típicas de quem não está acostumado ao clima frio. Nas últimas semanas, os mais precavidos estão sendo responsáveis pelo aumento das vendas desse tipo de produto em Campo Grande, próximo de 40%, segundo as lojas ouvidas pelo Campo Grande News. Para não passar frio, o campo-grandense recorreu tanto aos aquecedores solares, quanto aos a óleo e elétricos, que são bem mais em conta e podem consumir menos energia do que um chuveiro elétrico.

Veja Mais
Carro movido a energia solar é mostrado em evento
Energia Solar: economia e sustentabilidade para o MS

É possível aquecer o ambiente com apenas R$ 75, de acordo com o vendedor da loja Panan, Diego de Sousa. O funcionário conta que a empresa está na cidade desde 1981 e no último mês, devido a procura dos clientes, incluiu o aquecedor entre os produtos oferecidos. “Nós colocamos os aparelhos na frente da loja para o pessoal ver de longe e o estoque acabou em apenas dois dias”, afirma. Segundo Diego, a loja já fez novo pedido ao fornecedor e a expectativa é de vender tão rápido quando o primeiro lote, já que deve fazer mais frio nesse mês.

O vendedor explica que o aquecedor mais simples tem duas resistências e cada uma consome cerca de 400 watts por hora. É possível usar as duas resistências de uma só vez ou somente uma delas, o que vai aquecer o ambiente com menos intensidade. Já o aquecedor que possui três resistências custa R$ 145 e pode consumir até 1.200 watts. O consumo não é tão alto se comparado ao de um chuveiro elétrico, que pode consumir cerca de até 5 mil watts por hora, de acordo com o vendedor.

A vendedora da loja Magazine Luiza, Ingride Mayara, conta que está perdendo clientes por conta da falta do produto na loja. "Acabou o estoque, então depois da compra o cliente tem que esperar quatro dias para receber o aquecedor. Por isso, muitas pessoas desistem de comprar, pois já querem a pronta entrega", afirma. Depois da última frente fria que atingiu Campo Grande, os dois únicos aquecedores do estoque foram vendidos e Ingride já vendeu mais dez aquecedores para clientes que resolveram aguardar para receber o produto. 

Água quente – No momento mais difícil do dia, nos tempos de baixas temperaturas, “a hora do banho”, a salvação para quem quer economizar são os aquecedores solares. Esses requerem um investimento maior, mas que compensa, de acordo com o vendedor Paulo César da Veiga, da Água Quente Aquecedores. Conforme o vendedor, as vendas sobrem cerca de 40% entre os meses de abril e outubro.

O vendedor destaca que com o uso da energia solar, a economia em uma casa com duas pessoas pode chegar a 40%, se comparado com o uso da energia elétrica. “A economia depende do número de pessoas na casa e se há crianças, por exemplo, que demoram mais no banho. Quanto maior a quantidade de pessoas na casa maior é a economia”, explica Paulo.

O custo para instalação da energia solar em residências ou ambientes comerciais varia de acordo com o número de coletores externos, que são aquelas placas que ficam sobre o telhado e o tamanho do reservatório de água, que pode fica sob ou sobre o telhado.

Segundo o vendedor, o modelo mais simples, com uma placa, custa cerca de R$ 1.800 e tem capacidade para aquecer o chuveiro para o uso diário de duas pessoas. Para garantir água quente para quatro pessoas o custo gira em torno de R$ 3.300. De acordo com Paulo, se a reserva de água se esgotar e fizer mais de dois dias nublados, a casa pode ficar sem água aquecida pela energia solar e tem que recorrer à energia solar, mas ainda assim a família já estará economizando. 

Energia Solar: economia e sustentabilidade para o MS
Em tempos de recursos naturais escassos e diante da crescente preocupação com o aquecimento global,nada mais importante do que os investimentos em fo...
Bombeiros fazem alerta sobre uso seguro de aquecedores
Como no inverno muitas pessoas procuram se aquecer com equipamentos que funcionam a energia elétrica, gás e óleo, o Corpo de Bombeiros emitiu um aler...
Lei prioriza uso de energia solar em casas populares
Foi promulgada pelo presidente da Assembléia Legislativa, Jerson Domingos (PMDB) a Lei que obriga o governo estadual a das preferência no uso de ener...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions