A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Setembro de 2016

27/05/2015 18:38

Presidente da ANTT se compromete a manter ferrovia em MS, diz governador

Mariana Rodrigues e Lidiane Kober
O governador está em Brasília, na XVIII Marcha em Defesa dos Municípios. (Foto: Fernando Antunes/ Arquivo)O governador está em Brasília, na XVIII Marcha em Defesa dos Municípios. (Foto: Fernando Antunes/ Arquivo)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) se reuniu, nesta quarta-feira (27) com Jorge Luiz Macedo Bastos, presidente da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) em Brasília, onde discutiu as demissões e outros prejuízos da desativação de trechos da ferrovia de Mato Grosso do Sul.

Veja Mais
Governador vai à ANTT para discutir demissões e desativação de ferrovia
Zeca do PT e Azambuja se unem contra o abandono das ferrovias de MS

Em entrevista ao Campo Grande News por telefone, Reinaldo informou que o presidente da ANTT fez compromisso de realizar a manutenção do serviço ferroviário e de participar da discussão de investimento que a Rumo ALL vai fazer no próximo dia 12 de junho. "Essa reunião com o presidente da Rumo ALL vai tratar do plano de expansão da ferrovia", comentou.

Segundo o governador, durante a reunião, o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), que autorizou a fusão da ALL com a Rumo, passou a documentação completa sobre o plano de investimentos da Rumo no Estado". O conselho se comprometeu a conversar com a Rumo e repassar a preocupação de Mato Grosso do Sul com relação a malha ferroviária do Estado.

A concessionária da malha ferroviária em Mato Grosso do Sul, Rumo ALL, já demitiu 20% do quadro de trabalhadores do setor no Estado, além de transferir funcionários para outros estados, de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Ferroviárias de Bauru e Mato Grosso do Sul.

Com a denúncia do sindicato, na última quarta-feira (20) a ANTT notificou a Rumo ALL pedindo esclarecimentos, em dez dias, quanto a possível suspensão do tráfego de trens em Mato Grosso do Sul. No entanto, a Rumo ALL não confirma a suspensão do tráfego, apenas afirma que estão sendo feitos ajustes operacionais, investimentos estudados e que a continuidade das operações depende de demanda de produtos.

Ainda em Brasília, o governador participou da XVIII Marcha em Defesa dos Municípios.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions