A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Setembro de 2016

11/03/2016 15:00

Presidente do Conselho Federal de Economia faz palestra sobre o cenário hoje

Priscilla Peres

O presidente do Cofecon (Conselho Federal de Economia) Júlio Miragaya, ministra uma palestra sobre a Conjuntura Econômica Brasileira hoje, em Campo Grande. Ele veio à Capital para participar das atividades em comemoração aos 35 anos do Corecon/MS (Conselho Regional de Economia de Mato Grosso do Sul).

Veja Mais
Governo impõe nova regra à Caixa, mas financiamentos com FGTS continuam
Pequena central hidrelétrica de MS receberá R$ 140 mi em investimentos

A agenda de eventos começa às 15h, com o descerramento da placa em comemoração aos 35 anos da entidade. Na oportunidade, Miragaya atenderá os economistas regionais sobre as reivindicações para a categoria. A ação acontece na sede do Corecon/MS, localizado na Rua 14 de julho, 371, Centro.

A palestra acontece a partir das 19h, durante a Sessão Solene que marca o encerramento das comemorações. Economistas, estudantes, empresários e autoridades do Estado estarão participando do evento, onde serão homenageados os ex-presidentes da instituição, com entrega de certificados.

Em seguida, Júlio Miragaya fará a palestra sobre a atual conjuntura econômica do País. OI presidente do Cofecon é doutor em Desenvolvimento Econômico Sustentável e mestre em Gestão Territorial pela Universidade de Brasília (UnB). O economista também é presidente do Instituto Brasiliense de Estudos da Economia Regional (Ibrase) e foi eleito presidente da Associação Nacional das Instituições de Planejamento, Pesquisa e Estatística (Anipes) para o biênio 2016/2017.

História - O Corecon MS completa 35 anos como uma entidade cada vez mais forte e presente na vida dos profissionais de economia e da população do Estado. Criado em 11 de março de 1981, com o objetivo de orientar, supervisionar e fiscalizar o exercício da profissão em Mato Grosso do Sul, o Conselho conta hoje com pouco mais de mil economistas exercendo legalmente a profissão.

“Estamos em todos os setores do processo produtivo, primário, secundário e terciário, ajudando a desenvolver a economia do nosso Estado. Nesses 35 anos de história temos muito a comemorar, mas muitos desafios também. A união da categoria, junto ao Conselho, fortalece nossa luta para que, cada vez mais, possamos trabalhar para o reconhecimento da profissão e pelo desenvolvimento do Estado”, afirma o presidente da entidade, Thales de Souza Campos.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions