A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 30 de Setembro de 2016

19/06/2015 15:11

Procura por artigos juninos cresce e lojas esperam vender 60% mais

Renata Volpe Haddad e Mariana Rodrigues
Procura por artigos de festa junina cresceram nas últimas semanas. (Foto: Marcelo Calazans)Procura por artigos de festa junina cresceram nas últimas semanas. (Foto: Marcelo Calazans)
Entre as guloseimas, a pipoca e os doces são os mais procurados. (Foto: Marcelo Calazans)Entre as guloseimas, a pipoca e os doces são os mais procurados. (Foto: Marcelo Calazans)

Lojistas de Campo Grande esperam faturar 60% a mais esse ano, em comparação com o ano passado, na venda de artigos de festa junina. As vendas estão aquecidas e os estoques foram reforçados para atender os consumidores, nesta época do ano.

Veja Mais
Festa Junina começa hoje e abre programação dos 80 anos da cidade
Festa junina terá novos sabores de pratos tradicionais, a começar pelo quentão

Na São Gonçalo aviamentos, os produtos colocados em exposição, atendem todos os gostos de quem passa na rua Maracaju. Roupas para festa junina tem desde infatil até o adulto e os preços variam de R$ 39 até R$ 190.

Segundo a proprietária Rosane Aguni Metello, por causa da Copa do Mundo em 2014, quase não houve festas nesta época e a loja não se preparou tanto. “Tiveram poucas festas e nosso estoque foi reduzido, mas este ano nos preparamos e temos várias opções de decorações, todos os acessórios, até espantalho”, comenta.

Na Mony Dai, apesar também de ter vestidos caipiras, o foco é mais a decoração que varia de R$ 4,50 até R$ 150. De acordo com a supervisora e vitrinista Telma Gonçalves, a procura maior é pelo chitão que sai por R$ 8,90. “Temos tudo pronto aqui, de decoração até o destaque para colocar na roupa sem estragar o tecido. Temos chapéu já decorado por R$ 5,90 e mais simples por R$ 4,90, além de outras opções, como fogueira feita com e.v.a que sai por R$ 100”, comenta.

Para uma festa junina completa, a vitrinista afirma que dependendo do tamanho do salão e dos convidados, é possível decorar o ambiente por R$ 150 com tudo que se tem direito. “É só colocar em prática a imaginação que as ideias surgem e fica um ambiente junino legal”, finaliza.

Guloseimas - Nos supermercados da Capital, a procura por itens consumidos durante as festas juninas têm sido grande. Entre os mais pedidos, a pipoca, os doces e as bebidas são os mais procurados pelos consumidores.

Em um supermercado da região do Bairro Tijuca, o funcionário informou que a procura tem sido grande e os produtos ganharam mais destaque dentro dos estabelecimentos comerciais. "Como a procura tem sido boa, tivemos que aumentar o estoque", diz. Ele comenta que a expectativa é que as vendas sejam melhores que no ano passado, mas ainda não sabe contabilizar em quanto teve que aumentar o estoque desses produtos.

No bairro Vila Nasser, Wellington de Alencar, gerente de um supermercado da região contou a reportagem do Campo Grande News, que os produtos mais vendidos são a cachaça, usada no preparo do quentão, bebida típica da época, e o milho de pipoca. Ele afirma que a procura ainda está lenta, por conta disso, não renovou o estoque e os preços continuam os mesmo




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions