A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Setembro de 2016

04/06/2016 18:05

Procura por imóveis aumenta, mas interessados ainda não fecham negócio

Feirão acontece neste sábado e domingo no Shopping Norte Sul Plaza e espera atrair 5 mil interessados

Alberto Dias e Renata Volpe
Feirão atrai quem sonha com a casa própria...
Feirão atrai quem sonha com a casa própria...
... e quem busca bons investimentos. (Fotos: Marcos Ermínio) ... e quem busca bons investimentos. (Fotos: Marcos Ermínio)

A busca pelo "sonho da casa própria" ainda gera mais curiosidade e especulação que negócios fechados. Neste sábado (4), possíveis compradores compareceram ao Feirão da Caixa para conferir as ofertas. Na avaliação do corretor Thomaz Koltermann, o movimento de pessoas no evento que acontece até amanhã em Campo Grande aumentou cerca de 60% em relação ao ano passado. Otimista, ele espera que o feirão "aqueça o mercado imobiliário", dando oxigênio a um setor que sofre com a crise.

Porém, todo negócio começa com muita pesquisa. Para o jovem casal Lázaro Lessa e Eliane Santana, que procura por uma casa na saída de São de Paulo, "não existe muita diferença de preço em relação aos imóveis que viram antes do feirão", mas há outras vantagens. Para atrair a clientela, algumas imobiliárias dão documentação grátis no ato da compra, outras oferecem como "mimo" uma cozinha planejada para a casa nova ou, ainda, a oportunidade de pagar a primeira parcela somente em 2018.

Ofertas anunciadas também atraem pessoas querendo apenas investir, como a administradora Neiva Correa Lino que, aos 45 anos, já possui casa própria e compareceu ao Feirão em busca de um consórcio imobiliário - com taxas menores para quem não tem pressa ou necessidade urgente de pegar as chaves. "Todo mundo fala em consórcio de carro, mas resolvi procurar um de imóvel", disse, justificando: "automóvel desvaloriza, enquanto imóvel valoriza com o tempo". Agora, Neiva levará a proposta para o marido analisar.


Expectativa - A feira espera alcançar 5 mil interessados em imóveis que variam de R$ 107 a R$ 300 mil. Para o presidente do Secovi (Sindicato da Habitação de MS), Marcos Augusto Netto, este fim de semana é o momento de trazer à tona o desejo daqueles que querem comprar, mas se intimidam com as perspectivas econômicas do país.

Dados da Caixa Econômica Federal indicam que o número de financiamentos efetivados em Mato Grosso do Sul caiu de 5.872 para 5.524 , na comparação entre os primeiros cinco meses de 2015 e 2016. Apesar da retração, as imobiliárias se mantêm otimistas. “Estamos com taxas competitivas e subsídios que são a oportunidade perfeita para quem quer comprar", afirma o gerente regional de Habitação da Caixa, Ubiratan Rebolsas.

Veja Mais
Feirão da Caixa quer reavivar “sonho da casa própria” de hoje até domingo
Feirão em junho vai negociar imóveis para quem quer comprar casa própria

Ofertas – Para imóveis de até R$ 170 mil, os juros variam de 5,5 a 8,16 ao ano. Para os de mais de R$ 170 mil, as taxas vão de 10,68% a 11%. Os subsídios chegam a R$ 20 mil. Entre os imóveis mais baratos, um apartamento de R$ 107 mil pode sair com parcelas em torno de R$ 500 para quem tem renda de até R$ 2.500. A Nova Cap oferece oportunidade de pagar a primeira parcela somente em julho de 2018.

Serviço - O Feirão, promovido anualmente pela Caixa Econômica Federal, acontece neste sábado e domingo (4 e 5) no shopping Norte Sul Plaza, localizado na avenida Ernesto Geisel, na Capital.

Feirão em junho vai negociar imóveis para quem quer comprar casa própria
No primeiro fim de semana de junho, entre os dias 3 e 5, acontece a 13ª edição da Feira de Imóveis, realizada pelo Secovi/MS (Sindicato da Habitação ...
Serasa prorroga até o dia 28 feirão on-line de negociação de dívidas
A Serasa Experian prorrogou até o dia 28 de novembro o Super Feirão on-line, voltado para os consumidores que possuem dívidas com empresas. Quem quis...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions