A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Setembro de 2016

06/11/2014 10:45

Puccinelli diz que impacto da troca do indexador da dívida será mínimo

Priscilla Peres e Leonardo Rocha

O governador do Estado André Puccinelli (PMDB) afirmou hoje que a mudança do indexador da dívida de estados e municípios com a União terá impactos mínimos. A alteração foi aprovada por unanimidade, ontem no Senado Federal.

Veja Mais
Paralisação dos bancários completa 20 dias sem previsão de término
Entre a novidade e a decadência, quadrilátero é retrato do comércio

Segundo governador "a diferença é de apenas 3%", o que significa que "a grosso modo, iremos pagar cerca de R$ 100 milhões ao mês no ano que vem, ou um pouco menos, 3% disso são R$ 3 milhões e se dividir três por seis, chegaremos a um impacto de apenas 0,5% a menos de despes para os Estados" disse.

No final da explicação sobre o cálculo, André ainda brincou ao dizer que esse valor "é menor que o salário do professor Raimundo", se referindo ao personagem da Escolinha do Professor Raiumundo.

Para ele, outros recursos vão ajudar a receita estadual no próximo ano, como os royalties do petróleo e o e-commerce. "Teremos também os royalties do petróleo que ja estão produzindo mais de 550 mil barris por dia, alem do comercio não presencial que tende a aumentar um pouco", disse.

O texto aprovado pelo Senado ontem, garante a correção retroativa do saldo devedor pela variação acumulada da taxa Selic (taxa básica de juros da economia) desde a assinatura dos contratos. O projeto agora segue para sanção da presidente Dilma Rousseff.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions