A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 26 de Novembro de 2014

26/04/2011 20:20

Puccinelli garante reajuste de 5% para os servidores públicos estaduais

Paulo Fernandes

Após uma negociação de duas horas, as categorias com data-base e 1º de maio, que representam cerca de 40 mil dos 55 mil servidores públicos, conseguiram a garantia de reajuste de 5% do Governo do Estado.

O governador André Puccinelli informou que esse é o reajuste possível, levando em conta as dificuldades enfrentadas pelo Estado, em razão principalmente dos estragos causados pelas chuvas que afetaram a economia de Mato Grosso do Sul.

Puccinelli prometeu ainda avaliar o impacto das contrapropostas apresentadas pelas categorias, sobre índice e abonos, e autorizou a negociação direta delas com a Secretaria de Estado de Administração sobre questões como enquadramento salarial e carga horária.

De acordo com a Subsecretaria de Comunicação, o governador deverá voltar a se reunir com os sindicatos dos servidores até sexta-feira.

A expectativa é enviar o projeto de reajuste o mais breve possível para a Assembleia Legislativa para conseguir a aprovação até 10 de maio.

Veja Também
Governo reduz imposto de importação que atende fábrica de São Gabriel
A Câmara de Comércio Exterior (Camex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior decidiu conceder ou renovar redução do imposto ...
Crédito consignado para pessoas físicas cresce 45,6% em outubro
A concessão de crédito consignado para pessoas físicas cresceu 45,6% entre setembro e outubro, apontam dados divulgados, hoje (26), pelo BC (Banco Ce...
Dilma sanciona lei que muda índice de correção de dívida dos estados
A presidente Dilma Rousseff (PT) sancionou hoje a lei que a altera o indexador da dívida dos estados e municípios, isso reduzirá os encargos pagos à ...
MS poupou R$ 429 milhões, cumpriu meta e pagou dívida, diz secretário
O secretário de Fazenda de Mato Grosso do Sul, Jader Julianelli, entrou em contato com o Campo Grande News nesta quarta-feira e repassou informações ...


Olha caro CARLOS BRANDÃO, vc deve ter muita vontade de passar em um concurso público ou então é algum mama teta de político, para se referir aos trabalhadores públicos desta forma. Lamento sua opinião, mas nossa indignação é que para algumas classes não vale a lei para arcar com 60% de aumento e que carrega o estado nas costas só 5%... acho que vc deveria estudar mais para ver se passa em um concurso ou então aprenda ao menos expor idéias menos inuteis!!!
 
Vana de Viana em 29/04/2011 08:39:28
O governo tem demostrado a melhor saída para negociar aumento do salário do servidor é o diálogo, é um bom começo, principalmente em retornar as vantagens e as gratificações que ficaram pendentes, isto demonstra a flexibilidade do governo, vamos torcer que as negociações terminem bem, e vamos dar um voto de confiança ao Dr. André...
 
elidio vicente pereira filho em 27/04/2011 12:33:07
Acho que os funcionários deviam entrar em greve por tempo indeterminado, jamais aceitar que politicos aumentem seus salários em 60% e aceitem apenas 5% de aumento, afinal são os funcionarios públicos que geram a economia no comercio do Estado...fazer isso é quabrar toda a rede de crescimento do próprio Estado. Tb, não se pode aceitar menos que o IPCA do ano passado, que foi de 6%, tampouco porque luz subiu 18%, combustíveis 10%, transporte, roupa, mercado aumentou 15%...assim não é repor, não é aumento, não é esmola, é apenas querer ferrar com o servidor público que só perde o poder aquesitivo ano após ano...melhor parar tudo que morrer aos poucos no futuro.
 
João da Silva Carvalho em 27/04/2011 12:21:40
ACHO QUE O GOVERNO DO ESTADO, DEVERIA TER MAIS UM POUCO DE BOM SENSO E CONCEDER UM REAJUSTE MAIS DIGNO PARA O FUNCIONALISMO PÚBLICO ESTADUAL. POR QUE ENQUANTO O ALTO ESCALÃO TEM AUMENTO ELEVADISSÍMO, ENQUANTO ISSO, OS QUE CARREGAM O ESTADO NAS COSTAS SOFREM COM REAJUSTE INSIGNIFICANTES COM PO EX: 5%.
 
EDSON MAURICIO da silva em 27/04/2011 09:32:05
Eu so tenho que lamentar, e dizer a pura e simples vedade ,O que atrapalha o crecimento dos municipios e estados sao os politicos.
 
Francisco E .Icassatti em 27/04/2011 09:16:24
Infelizmente esta e a realidade, se os servidores parassem de apenas reclamar e se unissem em busca de melhores salários, com certeza não seria apenas cinco por cento. Todos sabem que os salários estão defasados e o que a maioria faz??? Eu digo: “Somente reclama para o colega do lado” e isso não dá em nada. Uma frase bem conhecida diz que “ A união faz a força e não somente o açúcar”, e é dessa força que todos precisam. Porque será que os deputados conseguiram esse aumento absurdo??? E ainda há uns que falam que não dá para se viver com um salário de deputado, imagina só com um salário de servidor público. Todos os dias os produtos aumentam nos super-mercados, sem se falar nos postos de gasolinas.... Aonde iremos parar. A inflação não sobe, acredite se quiser nessa baboseira de que ela esta controlada, pois é só dar uma olhada e ver que a cada dia os produtos ficam mais caros...
 
Ricardo Gomes em 27/04/2011 09:01:09
Para dizer que deu alguma coisa, e melhor não ter dado nada.
 
joao guilherme em 27/04/2011 08:42:37
prq os deputados receberam 60% e nós só 5% ... oe eles fazem de diferentes para ganhar tanto?
 
Adão Souza em 27/04/2011 08:37:05
E os nossos maravilhosos deputados, quantos receberam de aumento? para fazer nada ... vergonha isso .... mas a culpa é nossa mesmo por votar nessa corja
 
Adão Souza em 27/04/2011 08:33:45
Infelizmente não tem jeito, o estado está quebrado pelas chuvas e pela campanha eleitoral... aprendam sobre lei de responsabilidade fiscal antes de criticar o governo do estado, simplesmente não tem como corrigir o salário do servidor acima de 10%,esse ano porque essa lei NÃO PERMITE o estado é como se fosse uma empresa e tem seu caixa, que deve ser gerido moderadamente e ficar sempre no ``azul``...
Está insatisfeito, procure algo melhor(se tiver capacidade é claro)...... quer viver na mamata até o fim dos tempos?
Essa estabilidade ridicula de funcionáro público no Brasil só cria um bando de reclamões e o serviço público continua de péssima qualidade.
Já passou da hora do serviço público adotar prerrogativas da iniciativa privada.
 
Carlos Brandao em 27/04/2011 08:12:21
Nossa!!! Os estragos que a chuva fez não receberam verbas federais para o "conserto" e os "reparos"? Será que ele pensa que nós somos "bestas" ou "esquecidos"? Cadê o FUNDERSUL???
 
Débora Helena R. da Cruz em 27/04/2011 08:09:33
Valeu o retorno de ônibus que o governo fez de Chapadão do Sul para Campo Grande, deve ter refletido um pouco, a previsão de reajuste era de 4% e será concedido 5%.
 
Elias M. Moura em 27/04/2011 07:54:41
Antes 5% do que nada!!
Por falar em Abono: Há possibilidade de reajuste da tabela do Profuncionário?
 
Flavio Camargo em 27/04/2011 07:48:36
A lógica da economia é que quanto mais rico for o Estado maior a renda per capita de seus habitantes, assim é nos países ricos. No entanto, aqui em MS o Estado bate recordes de arrecadação, mas somente ficam ricos políticos, empreiteiros e empresários; os trabalhadores continuam empobrecendo, os aumentos concedidos sequer corrigem a inflação. Alguma coisa está errado.
 
jose spencer em 27/04/2011 07:41:44
sei que o meu comentario não muda muita coisa mas com esse aumento de 5% praticamente não aumentou nada porquê vai subir 34,50 bruto tira ms-prev, cassems e vale transporte sobra ai 27,00 o oleo subiu de 2,00 para 3,00 o açucar esta 4,00 dois quilos tomate, alface, cebola tudo subiu muito acima da inflação daqui alguns anos a gente vai trabalhar e não vai dar nem pra comer pra encerrar quem vive na mesma situação que eu esta um pouco pior porque ainda tem aluguel pra pagar que também subiu.
 
josé roberto em 27/04/2011 07:40:59
Porque os deputados tiveram aumento de 60 % do salário, e os servidores públicos estaduais apenas de 5 % ????
 
José Otávio em 27/04/2011 07:21:17
É lamentável, observar a falta de dignidade para os funcionários estaduais do MS; tudo que acontece de estragos respinga no salário dos mesmos, mas, nos reajustes dos políticos nada respingou, só foram os 63% de almento aprovado com rapidez. Reparem os reajustes de impostos e taxas; e as nossas percas de anos anteriores? Que DEUS nos ajude.
 
alicio l rodrigues em 27/04/2011 06:59:17
O leitor Jary falou tudo.
 
Thiago Kalunga em 27/04/2011 02:19:02
O maior problema do servidor público do Estado é a injustiça no salário: Coronel-pm, com apenas cursos específico militar, ganham 18mil reais, uma professora 3mil e outros técnicos com pós graduação ganhando 3mil. Um procurador de autarquia sem pós graduação ganham até 18mil. Isso que estraga o Estado e nenhum Governo foi macho suficiente para corrigir essa vergonha.
 
luiz alves pereira em 26/04/2011 10:55:28
Quero deixar aqui, não posso diser que seja comentário sobre o assunto, porem algumas perguntas que eu pelo menos não concigo achar -Respostas-
Por que será que quando é reajuste salarial para o funcionário (trabalhador) é vastamente
"discutido" e sempre é irrisório; e quando é para os "nossos representantes" é feito com rapidez e eficiência. Viram o que eles "discutiram" e votaram no final do ano passado?
Eu gostaria de indagar aos "queridos"governantes: Quem é mais importante, o Trabalhador ou os nossos representantes.
Pra finalizar eu gostaria de pedir humildemente ao Governador André, o qual eu não só depositei o meu voto mas tambem fiz campanha em seu favor,que pusesse a mão na conciência e concedesse um reajuste digno principalmente pra nós que até aqui confiamos em seu governo.

Tenho dito
 
Jary Guasina em 26/04/2011 10:45:51
Esperamos que o Governador cumpra com seus compromissos.
 
André Miranda dos Santos Junior em 26/04/2011 09:32:18
imagem transparente

Desenvolvido por Idalus Internet Solutions