A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Setembro de 2016

02/06/2016 13:27

Puxada pelo feijão e cebola, cesta básica tem alta de 4% em maio

Preço médio dos 28 itens pesquisados pelo Procon varia 26% entre dez supermercados de Dourados; tem produto com variação superior a 300%, como a goiabada, que custa de R$ 2,30 a R$ 9,29

Helio de Freitas, de Dourados
Feijão subiu 21% em maio, aponta pesquisa do Procon (Foto: Eliel Oliveira)Feijão subiu 21% em maio, aponta pesquisa do Procon (Foto: Eliel Oliveira)

O preço médio da cesta básica formada por 28 itens de primeira necessidade subiu 4% em Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande. A alta foi apontada em pesquisa feita ontem e divulgada nesta quinta-feira (2) pelo Procon.

Veja Mais
Refrigerante de erva mate e palestra foram novidades em feira de negócios
Em queda de 0,5%, dólar comercial fecha cotado a R$ 3,23 nesta terça-feira

Conforme o levantamento, feito em dez supermercados da segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul, a alta em comparação à pesquisa realizada no início de maio foi puxada principalmente pelo feijão, que está 21% mais caro, pela cebola, que subiu 12,3%, e pelo ovo, que aumentou 4,3%.

Alguns produtos tiveram queda de preço, mas a baixa foi insuficiente para impedir o aumento no preço médio da cesta básica. O açúcar está 2,9% mais barato, o arroz teve 3,3% de queda e o preço da paleta bovina caiu 3,7%.

Variação – Mais uma vez a pesquisa do Procon encontrou grande variação de preços do mesmo produto entre os supermercados em que a pesquisa foi feita.

O destaque ficou para a goiabada 600 gramas, que custa R$ 2,30 em um mercado do shopping da cidade e R$ 9,29 em um mercado do Parque das Nações. É bom lembrar que a pesquisa do Procon não leva em conta a marca dos produtos.

Um dos três produtos que mais impactaram na alta da cesta básica, o
ovo de galinha também tem grande diferença. A dúzia pode ser encontrada de R$ 3,99 em um mercado da Vila Maxwell a R$ 8,03 em um hipermercado de rede nacional – variação de 101,25%.

O alho tem diferença de 148,43%, a cebola varia 92,41% e o macarrão, pacote de 500 gramas, tem diferença de 281,88% entre o estabelecimento com menor e o estabelecimento com maior preço.

Já o preço médio da cesta básica tem diferença de 36,1%. A mais barata custa R$ 110,61 no mercado do shopping e a mais cara sai por R$ 150,51 no hipermercado de rede nacional.

Mais informações sobre a pesquisa podem ser obtidas no Procon de Dourados, através dos telefones (67) 3411-7754 e 151 e o pelo e-mail procon@dourados.ms.gov.br.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions