A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 29 de Setembro de 2016

10/03/2016 15:39

Quase 500 mil turistas passaram pela Rota Pantanal-Bonito de MS em 2015

Mariana Castelar
Rota Pantanal-Bonito oferece diversos passeios  aos turistas (Fotos: Raquel dos Passos)
Rota Pantanal-Bonito oferece diversos passeios aos turistas (Fotos: Raquel dos Passos)

Com 486 mil turistas somente em 2015, a Rota sul-mato-grossense Pantanal-Bonito está entre os destinos mais procurados para quem está em busca de descanso e atividades ao ar livre, como safari, arborismo, mergulho e rapel. Em Corumbá, o turismo contribuiu com R$318 milhões para a economia no ano passado, tendo um aumento de 3% em relação a 2014.

Veja Mais
Movimentação turística gera receita de mais de R$ 104 milhões em 7 meses
Lei inclui 16 municípios turísticos de MS na Rota Pantanal-Bonito

Com mais de 204 mil turistas, Bonito é o ícone da região da Serra da Bodoquena e consolidado dentre os principais do Brasil nos segmentos de ecoturismo e aventura. A cidade recebeu mais de 204 mil turistas e manteve durante o ano uma taxa média de ocupação da rede hoteleira em 52%, atingindo 81% na alta temporada.

Pesquisa divulgada pelo governo do Estado, mostra que os turistas de São Paulo lideram a procura pelo roteiro, representando 39,13% das reservas. Em segunda e terceira colocação estão o Paraná e Mato Grosso do Sul, com 10,95% e 9,30%, respectivamente. Já na demanda de outros países aparece Paraguai com 1,23% dos visitantes, Estados Unidos com 0,95% e Canadá, que representa 0,67%.

Pesca esportiva  é preferência de 43,8% dos visitantesPesca esportiva é preferência de 43,8% dos visitantes

Entre os passeios, o de barco ocupa 48% da escolha dos turistas, e a prática da pesca esportiva, é preferência de 43,8% dos visitantes. Com o turismo, a Bolívia também ganha, já que 41,5% optam por fazer compras no local. Com 24,9%, o city Tour ocupa a terceira posição, e 20,9% optam por visitar a Estrada Parque. A visita aos balneários ficaram apenas com 0,7%. A permanência média do visitante durante o ano passado foi de 3,58 dias, quantidade 6,5% maior do que em 2014, onde a permanência média foi de 3,36 dias.

Em Corumbá, tida como a capital do Pantanal, houve 281 mil visitantes, e a geração de 2.800 empregos sendo 1.304 diretos e 1.580 indiretos.

No município de Corumbá, a Estrada Parque Pantanal é reconhecida como o 4º melhor “Destino de Vida Selvagem do Mundo” é cada ano mais fortalecida como um destino internacional. No ano passado, a visitação de estrangeiros foi de 78,9% do fluxo recebido, com procedência de 28 países mapeados e, cuja dinâmica de visitação aos destinos brasileiros inclui também Bonito como procedência de 39,3% dos entrevistados e para 52,2% seria o próximo destino a ser visitado.

 

Lei inclui 16 municípios turísticos de MS na Rota Pantanal-Bonito
Foi publicada no Diário Oficial de hoje, a Lei nº 4.638 que denomina Rota Pantanal-Bonito o Eixo de Desenvolvimento do Turismo fixado pelo ZEE (Zonea...
Governo divulga rota Pantanal Bonito na Argentina
De 22 a 24 de setembro duas servidoras da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul estarão em Buenos Aires, capital da Argentina, para a Rodada de N...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions