A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Setembro de 2016

01/03/2016 14:12

Reflexo da crise, cesta básica com 28 itens sobe 6,1% em fevereiro

Além da alta, Procon constatou mais uma vez que em Dourados variação chega a 360% entre o produto mais caro e o mais barato

Helio de Freitas, de Dourados
Macarrão está entre produtos com grande variação de preços (Foto: Eliel Oliveira)Macarrão está entre produtos com grande variação de preços (Foto: Eliel Oliveira)

O preço médio da cesta básica formada por 28 itens considerados de primeira necessidade subiu 6,1% no mês de fevereiro em Dourados, a 233 km de Campo Grande, revela pesquisa mensal divulgada hoje (1º) pelo Procon.

Veja Mais
Preço da cesta básica sobe 6,21% em janeiro e é a 9ª mais cara do país
Tomate tem alta de 15,45% e contribui para aumento da cesta básica em janeiro

Em nove estabelecimentos onde a pesquisa foi feita, a cesta básica pode ser encontrada de R$ 109,22 no hipermercado do shopping e por R$ 141,09 em um mercado do Parque das Nações.

Conforme o diretor do Procon, Rozemar Mattos, mais uma vez a pesquisa encontrou grande variação de preços entre a maioria dos produtos. O quilo da batata, por exemplo, pode ser encontrado de R$ 3,36 em um supermercado do Jardim Flórida e por R$ 5,10 em um estabelecimento da área central – diferença de 51,79%.

O pacote de 200 gramas do alho apresentou diferença de 81,36% - pode ser comprado por R$ 9,90 em um mercado da Vila Maxwell e por R$ 13,98 em um hipermercado de rede nacional da Avenida Marcelino Pires.

Já o macarrão, pacote de 1 kg, apresentou diferença de 294,96% e o fubá varia 141,01% entre o estabelecimento com menor preço e o que vende o mesmo produto mais caro.

De acordo com o Procon, foram encontrados 12 produtos com diferença superior a 100%. Alguns chegam a quase 400% de variação, como ocorre com o composto lácteo, que é encontrado de R$ 1,95 a R$ 8,99.

A menor variação foi verificada no preço da dúzia de ovos, que custa de R$ 4,08 a R$ 5,99 – diferença de 13,5%. Mais informações sobre a pesquisa e em caso de denúncia por descumprimento do Código do Consumidor, os douradenses podem entrar em contato com o Procon pelos telefones (67) 3411-7754 e 151, ou pelo e-mail procon@dourados.ms.gov.br.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions