A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Setembro de 2016

02/03/2015 11:54

Reinaldo estuda melhorias para caminhoneiros, mas protesto já causa prejuízo

Priscilla Peres e Leonardo Rocha
Protesto de Caminhoneiros já dura 10 dias. (Foto: Eliel Oliveira)Protesto de Caminhoneiros já dura 10 dias. (Foto: Eliel Oliveira)

Em evento público nesta manhã, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) diz estar em diálogo constante com os caminhoneiros e que estuda melhorias para o setor, mas afirmou que as paralisações já estão afetando a economia do Estado devido ao desabastecimento de produtos.

Veja Mais
Protesto completa dez dias e caminhoneiros bloqueiam 5 trechos
Caminhoneiros liberam MS-134 e continuam 9º dia de protesto na MS-276

Reinaldo citou que estuda sobre possível mudança no valor do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) para frotas com menos de 30 caminhões, mas não deu detalhes sobre o assunto. "Nós estamos com diálogo constante com eles e com uma pauta positiva, já que tbm defendemos a diminuição do ICMS do diesel", disse.

O governador ainda ressaltou que a maior demanda do protesto são de questões nacionais, porém essa paralisação ja começa a trazer dificuldades econômicas para vários Estados."Também gostaríamos de uma solução para que essas paralisações terminem, mas logico que nós entendemos o direito deles".

Os caminhoneiros fazem protesto nas rodovias federais e estaduais há 10 dias, muitos ficam impedidos de continuar o trajeto durante o dia, o que atrasa a entrega da carga ao destino. Com isso, produtos perecíveis como hortifrútis têm sofrido com o calor e muitos estragam no meio do caminho.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions