A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Setembro de 2016

01/10/2014 08:47

Salário de servidores é pago, mas 13° ainda é dúvida

Luciana Brazil e Kleber Clajus
Ontem durante audiência pública na Câmara dos Vereadores, crise financeira é exposta. (Foto: Marcelo Victor)Ontem durante audiência pública na Câmara dos Vereadores, crise financeira é exposta. (Foto: Marcelo Victor)

Apesar da crise na administração do prefeito Gilmar Olarte (PP), que resultou em cortes e demissão de comissionados, o salário dos servidores municipais foi pago na manhã de hoje (1). Ao Campo Grande News, Olarte afirmou que o benefício foi depositado no 1° dia útil “contrariando as expectativas (negativas)”.

Veja Mais
Prefeitura recorre a desconto no IPTU e empréstimo para regularizar finanças
Audiência na Câmara escancara crise financeira na Prefeitura da Capital

"O pagamento de setembro já foi feito e todos os servidores estão com ele na conta. Claro que tem aperto e ajuste, mas não vai faltar pagamento, contrariando as expectativas [negativas]”.

Crise grave- Durante audiência pública realizada ontem na Câmara de Vereadores, a crise financeira do município foi escancarada. Um das maiores preocupações agora é o 13° salário. Conforme dados divulgados pela Seplanfic (Secretaria Municipal de Planejamento, Finanças e Controle), a folha de pagamento de novembro, dezembro e 13° somam R$ 300 milhões.

Para cumprir com esse compromisso, a prefeitura estuda medidas financeiras, entre elas, aumentar a arrecadação com o PPI (Programa de Pagamento Incentivado), antecipar o pagamento do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) de 2015, com desconto maior para o contribuinte, e a demissão de funcionários. Mais de mil comissionados foram exonerados.

Nos últimos doze meses os gastos com pessoal subiram 27,11% enquanto que as receitas primárias aumentaram apenas 11,74%, no mesmo período




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions