A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Setembro de 2016

22/06/2016 17:29

Serviços essenciais lideram o ranking de reclamações, que chega a 121 ao dia

Mariana Castelar

De 1º a 20 de junho, o Procon/MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) registrou uma média de 121 atendimentos em seus dias úteis, totalizando 1573 registros. Os serviços essenciais, que incluem fornecimento de água, luz ou telefone, lideram o ranking de reclamações e já estão com 6.154 registros só neste ano. Assuntos financeiros ficou em segundo lugar com 3494 atendimentos.

Veja Mais
Cesta básica tem alta de 3,6% em abril, mostra pesquisa do Procon
Procon-MS realizou 10 mil atendimentos nos primeiros 4 meses de 2016

Já de janeiro até 20 de junho, o órgão realizou 15.038 atendimentos, deles 2.599 foram cidadão reclamando de telefonia celular.

O atendente Pedro Mourão, de 39 anos, se inclui nesta estatística. Ele conta que teve um problema com a Vivo que só foi resolvido quando foi ao Procon. “Eu tinha aquelas assinaturas controle por um ano, mas menos que isso o valor estava o dobro do combinado”, conta, e acrescenta que só depois de seis meses de reclamações, Pedro resolveu seu problema.

Já a funcionária pública, Naira Santana, de 32 anos, conta que o problema com a Net só finalizou quando foi ao órgão. Depois de meses recebendo uma cobrança indevida da Net, ela soube que teria que pagar uma multa por quebra de contrato ao solicitar o cancelamento do pacote.

“Tinha assinado um pacote e depois de um tempo o valor começou a mudar todo mês. Eu ligava, explicava, eles alegavam o erro, diziam que ia mandar o boleto correto, mas no mês seguinte o fato se repetia”, explica. TV por assinatura é o assunto que ocupa a terceira posição do raking, com 1375 reclamações só este ano.

De acordo com a Superintendente do Procon/MS, Rosemeire Cecília serviços como água e luz e telefone acabam tendo uma demanda maior de reclamações por conta do número de clientes, mas

“As duas concessionárias são as maiores então a tendência é que tenham mais reclamações, ao contrário da Tv, por exemplo que há mais de uma empresa. As pessoas estão mais conscientes do que tem direito”, finaliza.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions