A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 29 de Setembro de 2016

13/10/2015 20:12

Servidor público estadual terá prazo de 96 meses para pagamento de consignado

Mariana Rodrigues
O ato faz parte de uma série de ações que o Governo pretende lançar até o fim do mês em alusão ao Dia do Servidor, comemorado em 28 de outubro. (Foto: Divulgação)O ato faz parte de uma série de ações que o Governo pretende lançar até o fim do mês em alusão ao Dia do Servidor, comemorado em 28 de outubro. (Foto: Divulgação)

A partir de hoje (13), o servidor público estadual conta com prazo de 96 meses para o pagamento e carência de até 180 dias para o pagamento da 1ª parcela na contratação ou renovação de Crédito Consignado aos servidores estaduais. Isso porque o governo do Estado juntamente com o Banco do Brasil oficializaram parceria na manhã desta terça-feira o convênio que beneficia os servidores.

Veja Mais
Servidores da Sesau distribuem brinquedos para crianças da Água Boa
Governo garante que já fechou acordo salarial com 60% dos servidores federais

Durante assinatura do convênio de parceria, que faz parte de uma série de ações que o Governo pretende lançar até o fim do mês em alusão ao Dia do Servidor, comemorado em 28 de outubro, o Secretário de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto de Assis, pontuou que o novo cardápio de vantagens, exclusivas aos servidores estaduais, chegam em um momento oportuno, já que se aproxima o início de um novo ano e junto com ele, as despesas extras.

“Nosso grande objetivo é ajudar os servidores a conquistar o equilíbrio financeiro nesse período de fim de ano e início de 2016 quando se concentram muitas despesas extras no orçamento, como férias, matrícula e material escolar, pagamento de IPTU, IPVA, além das despesas de final de ano. É um reforço importante porque o servidor poderá contratar o empréstimo agora e só iniciar o pagamento das parcelas em Abril de 2016″, observou o secretário.

Ele explica ainda que um servidor que possuí hoje um crédito consignado com valor de parcela de R$ 500, por exemplo, tem a opção de renegociar essa dívida, diminuindo o valor integral das parcelas e ganhando uma folga no orçamento de R$ 3 mil, valor que ele pagaria nesses seis meses de carência, com a opção de postergar a dívida “É mais uma maneira de ajudar o nosso servidor a conquistar o equilíbrio financeiro e se programar para as despesas do próximo ano”, diz.

De acordo com o superintendente Estadual do Banco do Brasil, Evaldo Emiliano de Souza, o novo prazo e a carência são importantes, pois proporcionam satisfação e geram melhores condições financeiras para o funcionalismo público de Mato Grosso do Sul, além de contribuir positivamente com a economia local.

"O Crédito Consignado do Banco do Brasil é uma das melhores opções de empréstimo existentes no mercado, com crédito rápido, juros baixos e facilidade no pagamento. Essa modalidade de empréstimo oferece a possibilidade de crédito sem que seja necessário esperar muito tempo pela aprovação", avalia.

Governo garante que já fechou acordo salarial com 60% dos servidores federais
Em meio ao ajuste fiscal, a maioria dos servidores do Executivo Federal já fechou acordo salarial com o governo. Segundo o balanço mais recente do Mi...
Judiciário vai ressarcir servidor aposentado da contribuição com plano de saúde
Os servidores aposentados e pensionistas do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul receberão uma verba indenizatória mensal de R$ 345,20 , como ressa...



Mas já era 96 vezes em outros bancos. E de nada adianta o BB, pois eles não aceitam quem tem nome no SPC para fazer o consignado.
 
Ale em 14/10/2015 12:31:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions