A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 30 de Setembro de 2016

03/12/2015 19:43

Sindicato percorre lojas para evitar que funcionários trabalhem após expediente

Caroline Maldonado
Sindicalistas percorrem lojas para coibir irregularidades trabalhistas (Foto: Divulgação/SECCG)Sindicalistas percorrem lojas para coibir irregularidades trabalhistas (Foto: Divulgação/SECCG)

Membros do SECCG (Sindicato dos Empregados no Comércio de Campo Grande) estão visitando lojas do Centro e dos shoppings da Capital para impedir que empresas segurem funcionários no atendimento aos cliente depois do fechamento dos estabelecimentos.

Veja Mais
Após duas quedas seguidas, dólar tem alta de 1,05% e fecha a R$ 3,25
Índice sobe 6% e Campo Grande tem 177 mil pessoas endividadas

O sindicato pede que os comerciários denunciem casos desse tipo. “Quem não suspender imediatamente essa exploração extra de jornada será notificado ao Ministério Público do Trabalho e ao Ministério do Trabalho e Emprego em Mato Grosso do Sul”, comentou o presidente do SECCG e da Força Sindical Regional Mato Grosso do Sul, Idelmar da Mota Lima.

O fator econômico preocupa a entidade, porque nem sempre os minutos e horas trabalhados a mais, são computados como hora extra. Além disso, fica em risco a segurança dos empregados que saem a noite para o retorno às suas casas, pois o comércio está funcionando em horário especial em dezembro. O sindicato pede que denúncias sejam feitas pelo número (67) 3348-3232.

“Esperamos que os empresários cumpram com os acordos pré-estabelecidos e que respeitem os direitos dos trabalhadores, para que não sejamos obrigados a recorrer aos órgãos de fiscalização e autuação”, disse o diretor do SECCG, Nelson Benitez, lembrando que é essencial a contratação de temporários para que os colaboradores não fiquem sobrecarregados e os revezamentos para o descanso dos empregados.

Horário – O acordo com a classe patronal definiu que até sábado (5), o comércio central vai até às 19h. De segunda-feira (7) até o dia 12, as lojas do Centro ficarão abertas até às 20h. De 14 a 19 de dezembro, o fechamento é às 22h.

De 21 a 23, o expediente vai até às 22h e nos domingos dias 6, 13, 20 e 27, até às 18h, exceto os shoppings e lojas localizadas em centros comerciais. De 17 a 23 de dezembro, o comércio, nos shoppings e centros comerciais funcionarão até às 23h.

Após duas quedas seguidas, dólar tem alta de 1,05% e fecha a R$ 3,25
Cotado a R$ 3,256 na venda, após dois dias seguidos de baixa, o dólar comercial fechou esta quinta-feira (29) com alta de 1,05%. Com isso, a moeda no...
Índice sobe 6% e Campo Grande tem 177 mil pessoas endividadas
Campo Grande tem 177 mil pessoas endividadas, sendo que 13% não terão condições de pagar suas contas. O índice medido pelo IPF/MS (Instituto de Pesqu...
MS vai receber missão técnica do Chile em frigoríficos de carne bovina
Inspeções federais de outros país no Brasil pode abrir novos mercados para exportação. Chile, Cuba e Bolívia já tem data marcada para suas missões e ...
Gol lança ofertas semanais de passagens aéreas
Para atrair novos passageiros e fidelizar seus clientes, as companhias aéreas garantem preços e condições de pagamento especiais. Cada empresa define...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions