A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Setembro de 2016

15/06/2016 13:22

Sinônimo de comer bem, ir a quermesse fica até 30% mais caro

Mariana Castelar
Liderando como o mais caro da pesquisa, o pacote de coco ralado teve um reajuste médio de 44,52% (Foto: Thailla Torres)Liderando como o mais caro da pesquisa, o pacote de coco ralado teve um reajuste médio de 44,52% (Foto: Thailla Torres)

Quem gosta de ir a quermersses deve preparar o bolso, porque as comidas típicas de festa junina estão mais caras este ano. Frequentadora, a advogada Waleska Tinoco reclama do preço dos produtos e diz que sentiu um aumento de 20% a 30%.

Veja Mais
Após acidente e morte, CMO cancela festa junina que seria neste sábado
Festa junina no Parque dos Poderes terá 30 entidades e vai homenagear São João

“Antes, esses lugares eram sinônimo de diversão e comida barata, mas agora está tudo tão gourmetizado que parece uma festa de luxo”, reclama. Ela conta que no ano passado pagou em um determinado prato R$15 e este ano já custava R$20.

A advogada afirma que gastou em uma noite R$ 70 em uma cerveja, um vinho quente e um prato de comida. “Quem tem filhos precisa ir preparado, porque até brinquedos simples como a cama elástica está inflacionado”, diz.

Já a aposentada Jussara Antunes, que costuma fazer festa junina em casa com toda a família anualmente, reclama que além da falta de dinheiro que todos estão, os produtos estão mais caros. “É desanimador este quadro. Nem nos divertir podemos mais", reclama.

Brinquedos infantis também estão mais caros (Foto: Thailla Torres)Brinquedos infantis também estão mais caros (Foto: Thailla Torres)

E indignação tem motivo. De acordo com o levantamento realizado pelo Nepes (Núcleo de Estudos e Pesquisas Econômicas e Sociais) da Uniderp, alguns itens utilizados para fazer as comidas típicas deste mês reajustaram até 44,52%. O período comparado é de junho de 2015 ao mesmo período deste ano.

Quem for comprar coco ralado vai perceber que ele ficou mais caro, em relação ao ano passado. O pacote de da marca Sococo com 100 gramas, reajustou 44,52% e saltou de R$3,49 para R$5,04. Já a farinha amarela Yoki, com 500 gramas, utilizada para fazer curau, canjica, pamonha e tantos outros pratos típicos desta época ficou até 37,56% mais cara e é encontrada por R$4,23.

O cachorro quente também deverá ficar mais salgado. O pacote com 500 gramas de salsicha Sadia Hot Dog, que custava R$7,69 em junho de 2015, agora é encontrado para compra por R$9,89, um acréscimo de 28,61%. Outro produto que ganhou destaque na pesquisa foi a Canela em casca Donana (10g), que está 36,67% mais cara e foi encontrado por R$1,23.

Festa junina no Parque dos Poderes terá 30 entidades e vai homenagear São João
A primeira edição do Arraiá Solidário do Parque será realizada em 24 de junho, dia de São João, em Campo Grande. O evento vai reunir 30 entidades, sh...
Estrutura de festa junina da crise custou R$ 238 mil
Balanço – O prefeito Gilmar Olarte (PP), promete grande festa nesta sexta-feira para lançar o calendário de eventos alusivos ao aniversário de 116 an...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions