A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Setembro de 2016

27/07/2015 10:41

Total de vagas encerradas na indústria sobe 70% no acumulado do ano

Liana Feitosa
Em relação ao mês de maio, a queda no número de trabalhadores empregados em junho foi de 0,54%. (Foto: Divulgação / Fiems)Em relação ao mês de maio, a queda no número de trabalhadores empregados em junho foi de 0,54%. (Foto: Divulgação / Fiems)

Há quatro meses Mato Grosso do Sul tem queda no número de vagas de emprego abertas no setor industrial, segundo o Radar Industrial da Fiems (Federação das Indústrias do Mato Grosso do Sul). O último levantamento foi feito no mês de junho.

Veja Mais
Indústria em MS gera 85% menos empregos que média histórica
Governo impõe nova regra à Caixa, mas financiamentos com FGTS continuam

De acordo com o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende, no acumulado do ano, o total de vagas encerradas nas atividades industriais do Estado também subiu e o número registrado é de 1.725. “Os segmentos industriais que apresentaram as maiores reduções no mês de junho foram construção (-387), têxtil e do vestuário (-184), química (-128) e metalúrgica (-107)”, detalhou.

No Estado, o setor industrial é formado por indústrias de transformação, de extrativismo mineral, construção civil e de serviços de utilidade pública. Segundo o levantamento, foram fechadas 236 vagas em junho. Em relação à abertura de postos de trabalho, no acumulado do ano o resultado é de 2.569 vagas abertas.

“Contudo, a média para o período, considerando o intervalo de 2005 a 2015, é 16.221 vagas abertas. Ou seja, o desempenho de janeiro a junho deste ano é 84% menor que o resultado médio historicamente obtido para o mesmo intervalo”, explicou Resende.

Em relação ao mês anterior, maio, a queda no número de trabalhadores empregados em junho foi de 0,54%, fechando o mês com 131.890 trabalhadores formalmente registrados.

“Apesar disso, a indústria segue respondendo pelo segundo maior contingente de trabalhadores formais empregados no Estado, com participação de 20,6% sobre o total, atrás somente do setor de serviços, que emprega formalmente 185.749 trabalhadores com participação equivalente a 29%”, pontuou.

Em Mato Grosso do Sul,101 atividades industriais apresentaram saldo positivo de contratação no período de janeiro a junho de 2015. Com isso, foram abertas 3.293 vagas.

Entre as atividades industriais com saldo positivo de pelo menos 60 vagas, destacam-se fabricação de açúcar em bruto (+578), abate de suínos, aves e outros pequenos animais (+358) e distribuição de energia elétrica (+250).

Por outro lado, no mesmo período, 112 atividades industriais apresentaram saldo negativo em Mato Grosso do Sul, com fechamento de 5.018 vagas. Entre as atividades industriais com saldo negativo de pelo menos 60 vagas estão abate de reses, exceto suínos (-1.008), obras de engenharia civil não especificadas anteriormente (-705), construção de edifícios (-427) e construção de rodovias e ferrovias (-377).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions